post da Martinha Fonseca

Já pensou em usar pantalona?

12 mar 13

A calça skinny é, indiscutivelmente, o tipo mais queridinho das mulheres. Estou para conhecer uma madame que não tenha algumas opções dela pendurada no armário.Mas a gente sabe, mesmo com um preferência tão absoluta, a moda nunca pára e sempre tenta tirar a gente da zona de conforto e propor alguma novidade. Há um tempo, a calça flare (aquela mais abertinha do joelho para baixo) foi a bola da vez – e depois de um período de dura batalha, conseguiu ganhar adeptas (eu mesma amo!!). E aí, quando a gente acha que vai sossegar, olha mais uma novidade chegando. Dessa vez, ainda mais abertas, as pantalonas estão no topo das tendências. Apareceram há um tempo nas passarelas e depois de umas temporadas ensaiando, prometem ser hit no inverno.

Você já pensou em usar? Gosta do estilo?

Fiquei impressionada com a quantidade de referências de looks incríveis com pantalonas que encontrei na internet. Amei cada um dos looks que ilustram o post de hoje!

Pessoalmente, sempre tive receio de usar pantalonas porque calças largas poderiam deixar meu quadril ainda maior. Mas aí provei alguns modelos desse tipo de calça (aqui e aqui), e não é que a frase “pantalona e quadril largos não combinam” não é necessariamente uma verdade absoluta??

Roupas são roupas, milagre é milagre - hahahahaha. Vamos ser sinceras que roupa não faz mágica, mas ajuda a disfarçar o que a gente não gosta na gente e isso é uma ajuda e tanto! Então, se você é como eu e tem quadris maiores, a dica para usar pantalona e ficar madame é buscar uma abertura de calça que combine com o seu corpo. Ou seja, uma abertura que tenha a mesma largura do seu quadril (sem apertar seu corpo ou ficar com o tecido super-ultra-mega esticado) e que siga nessa mesma largura, de forma reta, até o final. Observe isso e violá, você estará com a pantalona ideal para você!

Para complementar o look, tudo é possível. Mas, para quem não é do tipo super magrinha, é legal combinar a pantalona com peças que equilibrem a silhueta, como blusas mais sequinhas, decotes e/ou braços à mostra (já que as pernas estão cobertas e sem tecidos justos) e aqueles elementos “verticalizadores” que eu sempre falo por aqui: sobreposição de jaqueta/cardigan/colete, colares longos, bolsas a tiracolo. Alongar nunca é demais, néaaam?

Nos pés, várias opções são possíveis e tudo depende do estilo do seu look. Na última foto do post, logo aí em cima, separei 4 looks com propostas diferentes e, por isso mesmo, sapatos diferentes. Qual o prefirido de vocês? AMO, AMO, AMO  o look de cima, à esquerda. <3

 

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Red Carpet & Vida real: tule, tule, tule!

14 jan 13

Bem, segundona pois Golden Globes 2013 e você deve estar aí pensando: “Lá vem mais um post em mais um blog de moda sobre os looks das celebridades“. Bem, em parte isso é verdade – o assunto de hoje é algo relacionado ao Globo de Ouro; mas cobertura completa, melhores looks, makes e acessórios eu deixo para Thereza, do Fashionismo (amo, e sigo todos os lives!). Por aqui, um seleção especial de um detalhe que não é propriamente uma novidade, mas tem feito sucesso nos ‘red carpets’ e também na vida real, e, portanto, merece destaque aqui no Armário de Madame: detalhes transparentes em tule nos vestidos.

Kaley Cuoco com total transparência, Isla Fisher (a.k.a. Becky Bloom) com aplicação de pedraria e Francesca Eastwood com tule&renda. Três formas diferentes de vestir uma mesma tendência (já pode chamar a transparência com tule de tendência, né? heheheh) e arrasar no visual. Amei todos os três looks, embora Kaley seja minha preferida. <3

Os looks do Globo do Ouro de ontem, é claro, são apenas o começo, uma deixa para trazer o assunto para cá. Afinal, os três looks aí de cima são apenas alguns dos looks que já aparecem há quase 2 anos em tapetes vermelhos mundo afora e que podem ser usados por nós como inspiração para os nossos looks-festa.

Acima, celebrities com seus looks em tule no Oscar, People’s Choice Award e Festivais de filme, de uma forma geral.

Aqui no Brasil, Patrícia Bonaldi foi o primeiro nome que me ocorreu quando o assunto é transparência com tule – esses aí da montagem abaixo são apenas alguns modelos que encontrei na internet em uma busca rápida, para ilustrar o post e carregar a lista de inspiração de tule.

Fica a dica, então, para madames madrinhas e convidadas de eventos mais chics: o tule é in! Já está há algum tempo aparecendo nos tapetes vermelhos e não parece que irá sair de moda por um bom tempo. Vale à pena procurar um vestido assim (ou, se você tem uma costureira, maravilha! manda fazer um pra ontem!), concordam?

 

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Calça curtinha, topa?

16 out 12

A calça cigarrete não é propriamente uma novidade – aparece nas passarelas e nas lojas mais ou menos desde o último verão. Mesmo assim, só agora, no verão 2013, as mulheres, em geral, estão prestando atenção que a calça está mais curtinha e estão se permitindo considerar a possibilidade de usá-la. Tanto é que, não faz muito tempo, recebi um email de uma leitora pedindo dicas de como usar calça cigarrete.

Achei o tópico interessante, principalmente porque é esse é um tipo de calça que oferece um detalhe super discreto ao look, ao mesmo tempo em que não exige grandes “afetações fashion” para ser usada. É uma moda democrática, embora seja preciso ter cuidado para o modelo mais curto não desequilibrar a silhueta e achatar o corpo. 

Por isso, trouxe algumas diquinhas práticas e fáceis para vocês não errarem no visual.

Olhe essa foto aí em cima e compare com as duas fotos da montagem abaixo. Há uma diferença gritante entre elas…consegue identificar?

A calça cigarrete é aquela calça cuja barra é mais curtinha, variando da altura do “osso do tornozelo” até mais ou menos um palmo acima disso. Esse comprimento mais curto acaba encurtando as pernas, certo? Portanto, é fácil deduzir que, para manter um corpo mais equilibrado e conseguir driblar esse efeito achatado (ninguém gosta disso!), é muito melhor apostar num sapato com cor próxima ao seu tom de pele ou que siga na cor da calça (looks monocromáticos criam uma linha visual em sentindo vertical, alongando o corpo) do que num sapato super pesado e fechado, como na primeira foto do post.

E quando eu falo de sapato escuro e pesado, eu não quero dizer apenas sapatos pretos. Olha aí, nessa montagem acima, como um sapato preto pode ser positivo em um look: basta deixar o peito do pé à mostra e/ou apostar em scarpins, que com o bico pontudo alonga a silhueta.

E para finalizar o post, mais uma dica para acertar no visual com a calça cigarrete: invista em peças que construam linhas verticais no look. Como assim? Explico:

Já que a calça mais curta achatar a silhueta, invista em sobreposições com blazers, cardigans ou coletes que criam uma linha vertical no centro do corpo, ou até em sapatos com tiras centrais.

Anotou as dicas??

Categoria: Sem categoria