post da Martinha Fonseca

Diário de Madame: sobre pessoas tóxicas

Apenas acene e sorria

20 mar 17

Durante muito tempo, eu achava que a maldade morava do outro lado da rua. Ou nos capítulos das novelas. Ou nas manchetes de jornais. Em todo e qualquer lugar, menos  na minha vida, claro. Daí que, com a morte de minha mãe, eu perdi também o que costumo chamar de “filtro cor de rosa da vida” e com essa perda me veio a noção de que, às vezes, infelizmente, a maldade pode morar ao lado.

Demorei a entender que sim, existe gente ruim nesse mundo – no meu mundo; sim, existem pessoas tóxicas, e é questão de sobrevivência aprender como conviver com elas. Resisti contra mim mesma e essa minha vontade – quase defeito – de querer sempre ser certinha, transparente e clara com tudo e todos, e aprendi que, em certas situações, o melhor a fazer é apenas acenar e sorrir. Simples assim. Sem conflitos, sem questionamentos, sem embates. Afinal, quem é fulano na fila do pão para merecer minha verdade, transparência, meus sentimentos, consideração e atenção?

577dfb0892d50_576d3aa25df79_giphy_78

A pessoa tá lá cheia de mentiras, distorcendo acontecimentos e contando uma história totalmente deslocada da realidade. Se não tem a ver comigo ou com alguma injustiça direta com alguém que conheço e gosto, apenas aceno e sorrio.

A pessoa vem com garras, unhas e dentes, pronta para causar conflitos e arrastar quem estiver à sua volta para uma espiral emocional negativa.  A solução? Acene e sorria. De preferência, bem de longe. Porque uma coisa que tenho aprendido é que cair no jogo dessas pessoas, se deixar dominar ou se sentir parte responsável sobre o outro, nesse caso, não te leva a lugar algum. Não se envolva, não se deixe levar e se possível nem se aproxime. Apenas, de longe mesmo, acene e sorria.

tumblr_m4wh4rAgP81qkagt0o4_250

 

 

Quando a gente aprende a se distanciar emocionalmente do outro, a limitar a ação e o domínio do outro sobre nós, a coisa toda funciona mais facilmente. Me pareceu meio egoísta e “auto anulatório” esse história de acenar e sorrir, de não me envolver, não me manifestar e até de me distanciar. Mas aí você aprende que bom mesmo é focar as energias em você, em pensar no seu sucesso, na sua alegria e na alegria das pessoas que de fato importam. A quem te suga energia, a quem te coloca para baixo (ainda que seja um “modus operandi” e não algo pessoal com você) ofereça apenas duas coisas: um aceno e um sorriso.

oi, madames!!!

para completar nosso Diário de Madame da semana, alguns dos looks que usei! uhu
diario2

1. sábado à noite: body @cambon21tees, calça zara, sandália luiza barcelos, bolsa zara.
2. gravação do Chegue Mais: vestido @cambon21tees, colete C&a, flatform Vizzano, bolsa schutz
3. SPFW, day 1: look Skazi para @mesckla, bolsa e sapato também @mesckla
4. SPFW, day 2: blusa e vestido zara, flatform Vizzano, bolsa mesckla, meia zara

:*

 

Categoria: Diário de Madame