post da Martinha Fonseca

Dica de Madame: Os Sucessos de Verão em Salvador!

31 jan 14

Se tem uma coisa que baiano sabe fazer bem feito é sucesso. Vamos combinar? O nosso verão só é famoso do jeito que é porque tem música boa, de sucesso, embalando o povão – do contrário, não sei se os turistas e até nós mesmos aguentaríamos o aperto do carnaval no Campo Grande, a subida do Cristo na circuito Barra-Ondina, ou o ritmo frenético de ensaios e festas de verão antes mesmo do carnaval acontecer. É preciso muito ritmo e muito batuque (e nem sempre letra de música fazendo algum sentido… mas quem liga, né? é verão!) para fazer a gente ter pique para tanta coisa!

Só que a profusão de sons vindo de todos os cantos é tão grande que pode deixar o pessoal meio perdido – seja baiano, seja turista. Daí pensei, por que não fazer um guia da música de verão em Salvador? Foi então que resolvi mudar o estilo do post aqui no Armário de Madame para algo mais musical – afinal, hoje é sexta-feira e não deve fazer mal animar um pouquinho. Fiz uma enquete na página do blog no facebook e entre meus amigos também, e cheguei a uma lista dos melhores sucessos do verão 2014 em Salvador. Quer saber o que está bombando e chegar nas festas sabendo tudo? Então, aperta o play e se joga, madame!

Ah!!! Só para avisar:

a. não me responsabilizo por requebradas na cadeira no meio do expediente de trabalho

b. não me responsabilizo por danos causados na concentração alheia por música-chiclete repetida mentalmente a exaustão na cabeça de ninguém!!

Aliás, quero saber ao final do post, qual a música que vai embalar o verão de vocês por aqui???

1. Você, o amor e eu – Carlinhos Brown: para gente começar devagar para não assustar ninguém. Batuque leve, gostoso, bom de ouvir <3

2. Molinho – Filhos de Jorge: agora que você já esquentou o corpo, curte a malemolência baiana com Filhos de Jorge. Depois do Ziguiriguidum do ano passado, a nova música da banda também anda fazendo sucesso por aqui…

3.  Fui Fiel – Pablo: porque Gustavo Lima, Jorge e Matheus e cia podem até já ter cantado essa música em seus shows, mas é  na voz(inha) de Pablo que o romance faz sentido. Ouça, sofra, curta. hahahaha

4. Cds e Livros – Asas Livres: aliás, por falar em sofrimento, até quem não tem motivo para sofrer de amor sofre ao ouvir Asas Livres. Céus, que poder é esse? Repita a recomendação da música anterior: ouça, sofra, curta.

5. Nova Paradinha, Harmonia do Samba: mudando um pouco o estilo, Harmonia do Samba faz muito sucesso em Salvador e para quem tiver oportunidade, reza a lenda que o ensaio da banda, chamado de “A Melhor Segunda-Feira do Mundo” é mesmo a melhor segunda-feira do mundo. Eu nunca fui, mas o que eu povo fala dessa festa não está no gibi…a música abaixo, parece ser um remake de um sucesso antigo. Mas anda tocando como nunca, então veio para a listinha também! Se joga, madame! ;)

6. Alegria – Ivete Sangalo: entrando na sessão dos clássicos, o axé da rainha Ivete Sangalo. A música não é das minhas preferidas de todos os tempos, mas estive na gravação do DVD e é inegável que ela embala o povo. Vale à pena ouvir e aprender a letra! ihihihih

7. Claudinha Bagunceira, Claudia Leitte : e dona Claudinha, que não é boba nem nada, também se jogou no verão com uma música nova e ela tem garantido a festa de muita gente por aqui. Aperta o play!

8. Pedida Perfeita, Oito7Nove4: nesses dois, eu nunca sei que é o 87 ou o 94  - #prontofalei – mas essa música é boa de ouvir, então veio para a listinha também! É ligar o rádio (hahahah eu amo ouvir rádio no carro!) e ouvir essa música. Sempre. Toda vez. Sem erro.

—-

E agora, preparadas???

Com vocês, os grandes clássicos do verão 2014 em Salvador! Para não haver preferências – até porque ninguém por aqui consegue definir qual é mais hit e qual será música do carnaval esse ano… – coloquei por ordem alfabética:

9. Lepo, Lepo – Psirico: ah, psirico…que música, hein?? Essa coreografia todo mundo sabe, todo mundo dança, todo mundo canta. É pagode, é arrocha, é axé…..ai minha nossa senhora do quadril remexendo: aperta o play, madame – e sim, pode colocar o “repeat” que eu juro que ninguém vai te julgar. <3

10. Raiz de Todo Bem – Saulo, seu lindo: Saulinho é fofo, né minha gente?? Aí sai do Eva e me vem com uma música dessa, cheia de baianidade, na letra, no ritmo, no swingue. É bom de ouvir, dá orgulho de ser daqui. Aperta o play e o repeat – claro – e fica aí, o dia todo com a música na cabeça, faz mal não… “Aumenta o soooom!”

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Wayuu bag: eu quero, onde comprar?

30 jan 14

Hello, madames!!

Ontem dei um pulinho rápido em São Paulo para conhecer as novidades da Natura Todo Dia e foi por isso que o blog ficou meio abandonado… odeio quando isso acontece, mas eu sou uma só e às vezes dá esse tilt e eu não consigo dar conta de tudo sozinha…mas vamos lá! De volta à nossa fofoquinha diária!

A essa altura do verão, vocês já devem ter ouvido falar das bolsas Wayuu, ne? Aquelas de artesanato colombiano que toooodo mundo, mundo afora, está falando, comentando, desejando, usando. Elas são bem coloridas e eu estava há um tempão desejando ter uma para chamar de minha – muito embora, vale dizer, Dan (a.k.a #namoradodemadame) tenha dito que elas parecem aquelas bolsas hippies que as colegas de escola dele usavam nos anos 90…

Só que entre você querer acompanhar uma modinha e você ter de fato o item desejo da temporada existe uma diferença bem grande – leia-se: dindin, bufunfa, money, dilmas. E não estava dando para encarar pagar 800, 900 e até 1.200,00 reais numa bolsa de artesanato colombiano. Tinha algo errado aí, néam?

mas e agora, o que fazer? Onde comprar?

No Mercado Livre, claro!

Ele e seu primo rhyco, o Ebay, são os nossos salvadores nessas horas, vamos combinar. É só procurar direitinho, que você acha um vendedor de confiança que consegue resolver seu problema fazendo você pagar, normalmente, menos do que pagaria nas lojas convencionais.

Minha intenção nem era necessariamente ter uma bolsa da marca Wayuu, bastava ser uma tão bonitinha quanto. Mas não é que achei uma Wayuu, original, com preço bem melhor do que estava encontrando antes? Comprei na hora!

A responsável pela lojinha é a Amanda (para acessar, basta clicar na foto acima que já direciona para a loja no Mercado Livre) e encontrei essa foto aí, com 7 modelos diferentes de bolsas. Quando fui comprar, só tinha disponível a 1, 3 e 5. Queria a 7, mas acabei com a 5 mesmo…heheheh!

A bolsa custa R$419 e paguei mais R$20,00 de frete. Na quinta-feira passada eu fiz o pagamento, na sexta ela colocou no correio e quarta-feira (ontem) chegou aqui em casa minha Wayuu, toda bonitinha, com etiqueta original. uhu! Já posso fazer look do dia, yey!

Para quem quiser ter uma para chamar de sua, indico essa vendedora. Realmente, foi tudo tranquilo na compra, no contato com ela (ela responde super rápido) e na entrega do que eu havia comprado. Dei uma olhadinha pouco minutos antes de começar a escrever o post e parece que disponível agora só a bag 5. Mas ela disse que no próximo mês deve receber novas bolsas Wayuu novamente… é só ficar ligado! <3

Espero que tenham gostado da dica, madames! beijos!

 

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Dica de Madame: cestas de plástico

24 jan 14

Hey, madames! Tudo bem??

Vocês são do tipo que aproveitam o fim de semana com programações mais tranquilas e sem muita agitação para colocar ordem no quarto? Tem vezes que embola o meio de campo (hihihih tão baiano falar isso!) e o quarto fica um caos, néam? É normal uma bagunça de vez em quando, só não pode deixar isso virar rotina, hein??

E para não dizer que não incentivo a mulherada a manter tudo em ordem, e aproveitando que esse fim de semana pode ser um sem programações bombásticas e com tempo livre para uma organizadinha báaaasica no quarto, cliquei uma dica simples  - e barata! – de organização que faz parte do meu dia a dia: cestinhas de plástico. A dica não é exatamente nova, mas acho que vale à pena compartilhar.

Primeiro os equipamento de beleza. Babyliss (tenho 3!), secador, chapinha e deep waver faziam uma bagunça danada no meu armário. Costumava guardar dentro do armário do banheiro, que fica logo abaixo da pia. Mas era uma confusão: puxava o secador e vinha babyliss enroscado; queria deepwaver e o difusor insistia em vir também. Uma agonia e um potencial enorme para, na correria da arrumação (e com a pressão do namorado me esperando lá embaixo!), deixar tudo virar uma bagunça.

Passeando pelas Lojas Americanas há um tempo atrás, achei esse cestinho de plástico. Era exatamente do tamanho que eu queria: nem fundo demais para eu conseguir visualizar tudo facilmente, nem raso demais para não conseguir guardar os equipamentos direito.

Com a cestinha tudo ficou organizado e com fácil acesso. Desde que fiz isso, nunca mais tive problemas com fio embolado e bagunça no banheiro. A cestinha eu deixo no canto do banheiro, entre o vaso e o box, que, aliás, já era mesmo um espaço sem muito uso mesmo… Deu certo!

Outra utilidade para essas certinhas de plástico é guardar rasteiras e havaianas. No meu caso, esse tipo de sapato estava ocupando um espaço danado e se amontoando nas prateleiras que tenho no armário para guardar sapatos. Não estava dando certo. Havaianas parecem ter vida própria, e toda hora surge um par novo pleiteando espaço… Faz confusão!

Comprei essa caixinha também nas Americanas (ela é fofa, vem cheio de desenhos e escrito “My Things”), tirei a tampa e coloquei os tais pares de havaianas e ainda umas rasteirinhas basiconas, do dia a dia, lá dentro. Fica tudo empilhadinho, dentro da caixinha, no canto do quarto, servindo até de referência de espaço para colocar os sapatos que estão fora do armário – explico: como gosto que só eu mexa no meu armário, a moça que trabalha aqui em casa sempre arruma o quarto e coloca os sapatos fora do lugar ali no cantinho, mantendo o quarto visualmente organizado. Eu chego em casa, pego dali e coloco no armário. ;)

E aí, gostaram?

Como faz muito tempo, não lembro mais os preços dessas caixinhas. Mas todo mundo sabe onde vende né? Americanas, supermercados, Etna, Le Biscuit, Tok Stok…é fácil, é fácil de encontrar e o preço não é muito alto.

;)

 

Categoria: Sem categoria