Adoro quando recebo um pedido de post que consigo realizar de imediato! É bom né? Desde a semana passada, com alguns comentários essa semana reforçando o pedido, que algumas madames-leitoras me pedem para compartilhar minha rotina de cuidados com a pele do rosto. Confesso que não sei porque não falei antes, porque se tem uma coisa que eu cuido e amo cuidar, é o meu rosto.

Vocês já devem ter me visto falar que tinha problemas de oleosidade na adolescência. Tipo, eu não tinha o rosto coberto por espinhas nojentas, sabe? Mas tinha o rosto bem-bem-bem oleoso lá por volta dos meus 13 anos, e apesar de poucas, as espinhas que apareciam no meu rosto eram um tanto chamativas, e isso só deixava ainda mais evidente aquele processo de puberdade sabotador de auto-estima. Foi quando comecei a ir na dermatologista (Dra. Irene Spinola) na qual, aliás, vou até hoje só que, obviamente que com menos frequência. Naquela época, ia à dermato 1 ou 2 vezes por ano, fazia limpeza de pele regularmente (3 em 3 meses, depois 6 em 6 meses e depois parei de fazer), e aprendi algo que levei para a vida toda: ter uma pele saudável é menos complicado do que parece; é preciso apenas rotina, apenas.

O que acho mais bacana no que tenho que compartilhar com vocês hoje é que, como meu caso não era grave-gravíssimo, eu não precisei de tratamentos radicais como Rocutan e toda essa galera da pesada - o que mostra que ter uma pele saudável é menos impossível do que parece. Foi só ter uma rotina de cuidados que meu problema de oleosidade passou (hoje em dia nem posso mais dizer que minha pele é oleosa, sabe? Ainda tem um brilhinho e tal, mas gente, nem se compara com o que era!!!) e nunca mais tive espinhas-nojentas, esporádicas ou não.

Mas vamos deixar de papo e ir logo ao que interessa, então? Quem são os responsáveis por toda essa mudança?

São 5 os produtos que eu uso com regularidade na minha pele do rosto. No entanto, para facilitar, eu separei em dois grupos: a galera da “velha guarda”, que foi recomendado por Dra. Irene há 10 ou mais anos atrás e eu continuo usando até hoje; e o grupo dos produtos que eu mesma introduzi, por conta própria, e que gosto do resultado do uso.

Turma da Velha Guarda:

Se esse Effaclar falasse eu estava frita! Ele habita meu banheiro há milhões de anos! Foi recomendado pela minha dermato, e embora eu tenha a ousadia de trocar por outros sabonetes líquidos em gel de vez em quando, ele é o meu fiel escudeiro. Não é necessariamente barato (custa uns R$60,R$70 a depender da farmácia), mas dura muito, rende bastante.

Uso Effaclar todo dia pela manhã e a noite, ou sempre que vou tomar banho e sair de casa. Ele também ajuda a tirar a maquiagem do dia a dia (coisa leve, basicona, tá?), então acabo usando para lavar o rosto e refazer a maquiagem também.

Depois, com a pele limpa, hora do protetor solar. Parem de ter preguiça de usar e incorporem logo um protetor a sua rotina, viu? Sério, uso há muito tempo, não tomo sol no rosto em hipótese alguma e, falo sem falsa modéstia (até porque requer disciplina para fazer as mudanças que fiz na minha pele e isso é mérito meu! hihihihi), que minha pele é ótima hoje em dia muito em função do protetor.

Originalmente, Dra. Irene tinha me recomendado um protetor em gel Sunmax, mas eu troquei por esses dois da La Roche-Posay e ela não se opôs da última vez que fui ao consultório. O Anthelios AE é bem fluido e leve, uso para ficar em casa ou em dias muito quentes e o Anthelios Couvrant tem cor e é mais pesadinho, então uso para ir pra praia, malhar, e outras atividades que exigem uma pele protegida e mais uniforme também.

Por fim, o Differin, outro velho de guerra. Uso há anos e, para minha surpresa, quando fui a Dra Irene no início do ano, ela disse para manter o uso. Vejam bem, eu não sou nenhuma dermatologista, mas sobre o Diferrin é o seguinte: ele é um cremes Retinóide e pelo que sei e pesquisei é a única classe de medicamentos que comprovadamente que tratam manchas de acne e previne a sua formação. Li na bula que ele ajuda a limpar a acne da pele e evitar que os poros sejam obstruídos. Sinto minha pele mais sequinha também, e isso é top! Uso todo dia à noite.

Bem, encerrada a categoria “uso por indicação da dermatologista”, vamos à seção de produtos que experimentei e gostei.

Loção tônica adstringente: o que mais gostei nela é que ela é bem mais suave que outros adstringente normais, que parecem que você está aplicando álcool no rosto. Não gosto dessa sensação, acho agressiva. Sobre essa loção, eu gosto de aplicar quando uso maquiagem pesada ou quando eu tive um dia longo (adoro rotinas de beleza depois de dias assim; parece que renova as energias, sabe?). Aí aplico aqueles lencinhos removedores de maquiagem da Nivea, passo demaquilante líquido com algodão (principalmente para tirar a maquiagem dos olhos que sempre é mais difícil de sair), uso o sabonete Efflacar, e por fim, a loção tônica. ufa! ainda bem que é só de vez em quando esse procedimento todo… hehehe!

Creme Microesfoliante Purificante: ai, como amo esse produtinho! Como o nome já diz, ele é esfoliaste, então não dá para usar todos os dias. Uso 2 a 3 vezes por semana como é recomendado, normalmente no banho, para deixar mais prático. A sensação de limpeza que ele dá é impagável! Amo demais!

—-

Bem, madames! Escrevi um bocado, não foi? Mas espero que o post tenha sido útil para vocês. 

É claro que esses são produtos que funcionam para mim, e para incluir eles na rotina de vocês, é recomendável ir ao dermatologista primeiro, não é? Cada caso é um caso. De lição segura que posso dar, apenas o seguinte: deixe a preguiça de lado, faça esforço no início e depois você vai ver que incluir uma rotina diário de cuidados com a pele não é tão coisa do outro mundo quanto parece, e melhor: compensa!!!!

:*

Postado por Martinha Fonseca às 09:49

Se tem uma coisa que baiano sabe fazer bem feito é sucesso. Vamos combinar? O nosso verão só é famoso do jeito que é porque tem música boa, de sucesso, embalando o povão – do contrário, não sei se os turistas e até nós mesmos aguentaríamos o aperto do carnaval no Campo Grande, a subida do Cristo na circuito Barra-Ondina, ou o ritmo frenético de ensaios e festas de verão antes mesmo do carnaval acontecer. É preciso muito ritmo e muito batuque (e nem sempre letra de música fazendo algum sentido… mas quem liga, né? é verão!) para fazer a gente ter pique para tanta coisa!

Só que a profusão de sons vindo de todos os cantos é tão grande que pode deixar o pessoal meio perdido – seja baiano, seja turista. Daí pensei, por que não fazer um guia da música de verão em Salvador? Foi então que resolvi mudar o estilo do post aqui no Armário de Madame para algo mais musical – afinal, hoje é sexta-feira e não deve fazer mal animar um pouquinho. Fiz uma enquete na página do blog no facebook e entre meus amigos também, e cheguei a uma lista dos melhores sucessos do verão 2014 em Salvador. Quer saber o que está bombando e chegar nas festas sabendo tudo? Então, aperta o play e se joga, madame!

Ah!!! Só para avisar:

a. não me responsabilizo por requebradas na cadeira no meio do expediente de trabalho

b. não me responsabilizo por danos causados na concentração alheia por música-chiclete repetida mentalmente a exaustão na cabeça de ninguém!!

Aliás, quero saber ao final do post, qual a música que vai embalar o verão de vocês por aqui???

1. Você, o amor e eu – Carlinhos Brown: para gente começar devagar para não assustar ninguém. Batuque leve, gostoso, bom de ouvir <3

2. Molinho – Filhos de Jorge: agora que você já esquentou o corpo, curte a malemolência baiana com Filhos de Jorge. Depois do Ziguiriguidum do ano passado, a nova música da banda também anda fazendo sucesso por aqui…

3.  Fui Fiel – Pablo: porque Gustavo Lima, Jorge e Matheus e cia podem até já ter cantado essa música em seus shows, mas é  na voz(inha) de Pablo que o romance faz sentido. Ouça, sofra, curta. hahahaha

4. Cds e Livros – Asas Livres: aliás, por falar em sofrimento, até quem não tem motivo para sofrer de amor sofre ao ouvir Asas Livres. Céus, que poder é esse? Repita a recomendação da música anterior: ouça, sofra, curta.

5. Nova Paradinha, Harmonia do Samba: mudando um pouco o estilo, Harmonia do Samba faz muito sucesso em Salvador e para quem tiver oportunidade, reza a lenda que o ensaio da banda, chamado de “A Melhor Segunda-Feira do Mundo” é mesmo a melhor segunda-feira do mundo. Eu nunca fui, mas o que eu povo fala dessa festa não está no gibi…a música abaixo, parece ser um remake de um sucesso antigo. Mas anda tocando como nunca, então veio para a listinha também! Se joga, madame! ;)

6. Alegria – Ivete Sangalo: entrando na sessão dos clássicos, o axé da rainha Ivete Sangalo. A música não é das minhas preferidas de todos os tempos, mas estive na gravação do DVD e é inegável que ela embala o povo. Vale à pena ouvir e aprender a letra! ihihihih

7. Claudinha Bagunceira, Claudia Leitte : e dona Claudinha, que não é boba nem nada, também se jogou no verão com uma música nova e ela tem garantido a festa de muita gente por aqui. Aperta o play!

8. Pedida Perfeita, Oito7Nove4: nesses dois, eu nunca sei que é o 87 ou o 94  - #prontofalei – mas essa música é boa de ouvir, então veio para a listinha também! É ligar o rádio (hahahah eu amo ouvir rádio no carro!) e ouvir essa música. Sempre. Toda vez. Sem erro.

—-

E agora, preparadas???

Com vocês, os grandes clássicos do verão 2014 em Salvador! Para não haver preferências – até porque ninguém por aqui consegue definir qual é mais hit e qual será música do carnaval esse ano… – coloquei por ordem alfabética:

9. Lepo, Lepo – Psirico: ah, psirico…que música, hein?? Essa coreografia todo mundo sabe, todo mundo dança, todo mundo canta. É pagode, é arrocha, é axé…..ai minha nossa senhora do quadril remexendo: aperta o play, madame – e sim, pode colocar o “repeat” que eu juro que ninguém vai te julgar. <3

10. Raiz de Todo Bem – Saulo, seu lindo: Saulinho é fofo, né minha gente?? Aí sai do Eva e me vem com uma música dessa, cheia de baianidade, na letra, no ritmo, no swingue. É bom de ouvir, dá orgulho de ser daqui. Aperta o play e o repeat – claro – e fica aí, o dia todo com a música na cabeça, faz mal não… “Aumenta o soooom!”

Postado por Martinha Fonseca às 09:55

Hello, madames!!

Ontem dei um pulinho rápido em São Paulo para conhecer as novidades da Natura Todo Dia e foi por isso que o blog ficou meio abandonado… odeio quando isso acontece, mas eu sou uma só e às vezes dá esse tilt e eu não consigo dar conta de tudo sozinha…mas vamos lá! De volta à nossa fofoquinha diária!

A essa altura do verão, vocês já devem ter ouvido falar das bolsas Wayuu, ne? Aquelas de artesanato colombiano que toooodo mundo, mundo afora, está falando, comentando, desejando, usando. Elas são bem coloridas e eu estava há um tempão desejando ter uma para chamar de minha – muito embora, vale dizer, Dan (a.k.a #namoradodemadame) tenha dito que elas parecem aquelas bolsas hippies que as colegas de escola dele usavam nos anos 90…

Só que entre você querer acompanhar uma modinha e você ter de fato o item desejo da temporada existe uma diferença bem grande – leia-se: dindin, bufunfa, money, dilmas. E não estava dando para encarar pagar 800, 900 e até 1.200,00 reais numa bolsa de artesanato colombiano. Tinha algo errado aí, néam?

mas e agora, o que fazer? Onde comprar?

No Mercado Livre, claro!

Ele e seu primo rhyco, o Ebay, são os nossos salvadores nessas horas, vamos combinar. É só procurar direitinho, que você acha um vendedor de confiança que consegue resolver seu problema fazendo você pagar, normalmente, menos do que pagaria nas lojas convencionais.

Minha intenção nem era necessariamente ter uma bolsa da marca Wayuu, bastava ser uma tão bonitinha quanto. Mas não é que achei uma Wayuu, original, com preço bem melhor do que estava encontrando antes? Comprei na hora!

A responsável pela lojinha é a Amanda (para acessar, basta clicar na foto acima que já direciona para a loja no Mercado Livre) e encontrei essa foto aí, com 7 modelos diferentes de bolsas. Quando fui comprar, só tinha disponível a 1, 3 e 5. Queria a 7, mas acabei com a 5 mesmo…heheheh!

A bolsa custa R$419 e paguei mais R$20,00 de frete. Na quinta-feira passada eu fiz o pagamento, na sexta ela colocou no correio e quarta-feira (ontem) chegou aqui em casa minha Wayuu, toda bonitinha, com etiqueta original. uhu! Já posso fazer look do dia, yey!

Para quem quiser ter uma para chamar de sua, indico essa vendedora. Realmente, foi tudo tranquilo na compra, no contato com ela (ela responde super rápido) e na entrega do que eu havia comprado. Dei uma olhadinha pouco minutos antes de começar a escrever o post e parece que disponível agora só a bag 5. Mas ela disse que no próximo mês deve receber novas bolsas Wayuu novamente… é só ficar ligado! <3

Espero que tenham gostado da dica, madames! beijos!

 

Postado por Martinha Fonseca às 09:19

Hey, madames! Tudo bem??

Vocês são do tipo que aproveitam o fim de semana com programações mais tranquilas e sem muita agitação para colocar ordem no quarto? Tem vezes que embola o meio de campo (hihihih tão baiano falar isso!) e o quarto fica um caos, néam? É normal uma bagunça de vez em quando, só não pode deixar isso virar rotina, hein??

E para não dizer que não incentivo a mulherada a manter tudo em ordem, e aproveitando que esse fim de semana pode ser um sem programações bombásticas e com tempo livre para uma organizadinha báaaasica no quarto, cliquei uma dica simples  - e barata! – de organização que faz parte do meu dia a dia: cestinhas de plástico. A dica não é exatamente nova, mas acho que vale à pena compartilhar.

Primeiro os equipamento de beleza. Babyliss (tenho 3!), secador, chapinha e deep waver faziam uma bagunça danada no meu armário. Costumava guardar dentro do armário do banheiro, que fica logo abaixo da pia. Mas era uma confusão: puxava o secador e vinha babyliss enroscado; queria deepwaver e o difusor insistia em vir também. Uma agonia e um potencial enorme para, na correria da arrumação (e com a pressão do namorado me esperando lá embaixo!), deixar tudo virar uma bagunça.

Passeando pelas Lojas Americanas há um tempo atrás, achei esse cestinho de plástico. Era exatamente do tamanho que eu queria: nem fundo demais para eu conseguir visualizar tudo facilmente, nem raso demais para não conseguir guardar os equipamentos direito.

Com a cestinha tudo ficou organizado e com fácil acesso. Desde que fiz isso, nunca mais tive problemas com fio embolado e bagunça no banheiro. A cestinha eu deixo no canto do banheiro, entre o vaso e o box, que, aliás, já era mesmo um espaço sem muito uso mesmo… Deu certo!

Outra utilidade para essas certinhas de plástico é guardar rasteiras e havaianas. No meu caso, esse tipo de sapato estava ocupando um espaço danado e se amontoando nas prateleiras que tenho no armário para guardar sapatos. Não estava dando certo. Havaianas parecem ter vida própria, e toda hora surge um par novo pleiteando espaço… Faz confusão!

Comprei essa caixinha também nas Americanas (ela é fofa, vem cheio de desenhos e escrito “My Things”), tirei a tampa e coloquei os tais pares de havaianas e ainda umas rasteirinhas basiconas, do dia a dia, lá dentro. Fica tudo empilhadinho, dentro da caixinha, no canto do quarto, servindo até de referência de espaço para colocar os sapatos que estão fora do armário – explico: como gosto que só eu mexa no meu armário, a moça que trabalha aqui em casa sempre arruma o quarto e coloca os sapatos fora do lugar ali no cantinho, mantendo o quarto visualmente organizado. Eu chego em casa, pego dali e coloco no armário. ;)

E aí, gostaram?

Como faz muito tempo, não lembro mais os preços dessas caixinhas. Mas todo mundo sabe onde vende né? Americanas, supermercados, Etna, Le Biscuit, Tok Stok…é fácil, é fácil de encontrar e o preço não é muito alto.

;)

 

Postado por Martinha Fonseca às 11:48

Hey, madames!

Semana que vem tem Festival de Verão em Salvador! Acredito que essa é, depois do Carnaval, a festa do verão de Salvador mais comentada Brasil afora; coloca a gente no mapa, sabe? Todos os olhinhos voltado para cá! opa!

E já que é assim, não dá para fazer feio no visual, néam? O dilema é sempre o mesmo: “quero ir linda – e madame, claro! – mas não quero ficar over”; ou “quero me sentir bem com o meu visual, mas sem abrir mão do conforto”. E aí, como faz para equilibrar isso tudo e sair linda de casa?

Calma que a madame ajuda! ;)

A convite da produção do Festival de Verão e com apoio do Shopping Iguatemi, eu e outras colegas blogueiras fomos convidadas para passear pelas lojas do shopping da Bahia e montar sugestões de looks para vocês. Sim, looksss, no plural. Porque dessa vez os #namoradosdemadame, #amigosdemadame e #maridosdemadame também serão assunto para post!

Vamos dar uma olhadinha na minha sugestão de look?

Regata e short – Checklist
Blusa (rosa) – Sarttore
Top renda  - Loungerie
Rasteira e bolsa – Via Mia

(todas as peças de lojas do Shopping Iguatemi)

Já que é verão, vamos de cores né?? Peguei o shortinho estampado da Checklist que é super fresquinho e colorido e já garanti um visual para cima com a regatinha amarela também da marca – amoooo decote nadador, acho tão feminino!! Quando fica aparecendo o top de renda, então, sucesso! O modelo que usei é da Loungerie, loja queridinha master! <3

Para complementar (porque vocês sabem, a terceira peça é fundamental para deixar o look interessante!), a blusa rosa da Sarttore. A idéia aqui não é matar ninguém de calor com uma terceira peça. O truque é aproveitar a modinha da blusa amarrada na cintura e usar exatamente esse truque para arrematar o look. Não fica bacana?

Nos acessórios, rasteirinha dourada e bolsa pequena e prática, ambos da Via Mia.

 

Blusa e bermuda – Richards
Cinto e sapato – Noir, Le Lis
(todas as peças de lojas do Shopping Iguatemi)

Para os homens, uma sugestão “engomadinha” porque eu adoro um homem playboy – sim, sou dessas. hahaha

Mas não é porque vai arrumadinho que vai passar calor, néam? A blusa da Richards que eu escolhi é 100% linho e isso garante um frescor durante a festa. A bermuda, também da Richards, sai do basicão preto, marrom ou bege que já é mais do que batido, né? Às vezes é bom variar, concordam?

No acessórios, cinto e sapato da Noir, Le Lis para dar um aspecto mais pesado ao look e equilibrar.

E aí, gostaram das dicas?

Vamos nos ver no Festival de Verão? Eu vou todos os dias, e vocês???

Postado por Martinha Fonseca às 08:03
Página 1 de 3712345...102030...Última »

a madame

Porque em armário de madame tem tudo: camisas, calças, bolsas, colares, sapatos, shorts, saias, blazers... mas também tem estilo, informação e bom gosto. Welcome!

martinha@armariodemadame.com
Salvador, Bahia - Brasil

siga a madame

as madames gostaram mais

  • Change. You can!

    Change. You can!
    por Martinha Fonseca

    Promessa é dívida aqui no Armário de Madame! Conforme avisei ontem, hoje é dia de sorteio aqui no blog!! Só assim para gente se animar nesse feriadão de quarta com cara de domingo, né??? Pois pois, e bota animação nisso, porque o sorteio é desse relógio Ice-Watch Classic Clear com o fundo branco!! Liiiindo! Layout [...]

  • E pode repetir bolsa?

    E pode repetir bolsa?
    por Martinha Fonseca

    Há um tempo atrás, recebi um comentário-crítica aqui no Armário de Madame. Eu tentei encontrar o comentário para reproduzir aqui na íntegra para vocês, mas eu já não me lembro em que post foi. De todo modo, lembro que a leitora que tinha feito o comentário me criticava porque repetia demais a mesma bolsa nos [...]

  • Felicidade, felicidade, felicidade!

    Felicidade, felicidade, felicidade!
    por Martinha Fonseca

    Madames! Olha eu aqui para compartilhar uma novidade mais do que incrível com vocês!! Estou numa felicidade enorme, porque eu sei que isso é mais um passo na história do Armário de Madame, história essa que vocês, madames-leitoras, fazem parte diretamente!! Estou tão feliz que nem consigo direito pensar no post…se ele sair muito esquisito, [...]

twitter updates

20 madames online!
Opus Comunicação