post da Martinha Fonseca

Look do dia: Azul & Vermelho!

19 jun 12

Olha aí o que a correria faz com a gente: esqueci de postar um look do dia lá de Buenos Aires…pode isso, Arnaldo?

Eu nem retomar o assunto “Buenos Aires” aqui no Armário para não ficar over. Mas aí eu pensei:

1) Eu adorei esse look;

2) Tenho recebido muitos pedidos de “help” sobre como usar roupa no frio – seja em São Paulo, Campos do Jordão, Gramado ou até mesmo Buenos Aires;

E pensando nesses argumentos, me convenci a postar o look de hoje, hoje, aqui, agora.

O cenário das fotos desse post é o Caminito, bairro super colorido e  que, apesar de sem beeeeem longinho, merece a visita. É igual ao Pelourinho, sabe? Dá a impressão que já foi mais bonito, mas ainda assim vale a visita. ;)

Novamente, coloquei pra jogo meu trechcoat comprado na Zara. Não é a peça mais quente do mundo, mas para o tempo que fazia em Buenos Aires super serviu. Gosto muito de usar trenchcoat com saia rodadinha – acho bem feminino. Mas aí, como “do lado de fora” eu já estava muito monocromática (azul marinho&preto), do “lado de dentro” resolvi dar um colorido com o pullover vermelhinho e, mais uma vez, a blusa de listrinhas.


Camisa listrada – C&a (Gisele bundchen)
Pull Over Vermelho – Zara
Lenço de oncinha – não lembro!!
Saia de couro azul – Boah
Bota – Schutz
Bolsa – Santa Lolla

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Diquinhas de Buenos Aires!

08 jun 12

Hey, madames!! Finalmente com o feriado, consegui o tempinho livre necessário para compartilhar com vocês algumas dicas de Buenos Aires. Vocês já sabem que foi minha primeira vez na cidade e que, justamente por isso, gastei bastante do meu tempo fazendo programações comuns de turista – ir ao Jardín Japonés, assistir a uma apresentação de tango, ir na Casa Rosada e ver o Obelisco. No meio de tudo isso, no entanto, deu para fazer alguma descobertas bacanas – principalmente no que se refere a lojas.

Vamos lá?

Fui para Buenos Aires já avisada que estava tudo caro por lá – todo mundo me preveniu que não valia a pena ir com grandes esperanças de compras incríveis por preços tentadores e eu repasso o conselho a vocês: a coisa tá feia na Argentina e tudo (tuuudo, gente!) está mais caro do que os brasileiros se acostumaram a encontrar por lá.Tudo está exatamente com o mesmo preço encontrado aqui no Brasil.

Anyway, Felipe precisava comprar um casaco bonitinho e aproveitamos a justificativa para ir à Villa Crespo – uma das regiões com lojas de outlet. Novamente, tudo bem caro. Mas, se preço não for exatamente um problema, fica a dica da Old Bridge. É uma loja de moda masculina bem interessante, e os tênis lá estavam especialmente bonitos.

Ainda em Villa Crespo, fiz uma das minhas poucas compras em toda viagem. Não pelo preço – porque lembro que ele não era em nada diferente do preço daqui – mas porque achei essa blusa da vitrine com estampa étnica muito fofinha. A loja chama-se Complot, e realmente tem coisas bem bonitas e diferentes.

Outro conselho que recebi e repasso a vocês é prestar atenção às lojas nacionais. Quem está acostumado com as grifes americanas e europeias, pode estranhar um pouco; mas vale muito à pena ver o que as lojas argentinas têm para oferecer!

Essa mesma loja, Complot, tem na Calle Florida (ótima rua de compras em Buenos Aires) e na Galerías Pacífico.

Quando derem aquela passadinha no Palermo Soho – bairro super charmosinho cheio de bares e lojas fofas – não deixem de entrar na loja chamada Casa Chic. Com um ambiente lindo, ela oferece tudo: roupas, sapatos, acessórios, coisas de escritórios e produtos para casa. Se o preço não é nada convidativo, pelo menos o ambiente é! Vale a visita!

Para as madames atrás de maquiagem boa para comprar, as Galerías Pacífico, ao final da Calle Florida, é o lugar certo. Novamente, os preços não são lá essas “coca cola toda”. Mas se você quiser Chanel, Mac ou Bobbi Brown, esse é o lugar.

Aliás, na mesma Galerías Pacífico, tem uma loja beem bem bem interessante para as madames – várias peças incríveis e, novamente, só não levei para casa por conta do preço. O nome da loja é Cuesta Blanca e, novamente, vale anotar aí no caderninho para entrar para ver.

Por fim, essa lojinha linda de decoração. Tienda Palacio – e fica em alguma das ruas que caminhei no domingo, durante a Feira de San Telmo. Genteeeee, queria levar tudo para casa! Coisas fofíssimas, super diferentes….ahhhh se eu estivesse me mudando! ia fazer a festa nessa loja!

—–

No mais, madames, anotem aí dois links que me foram super uteis nessa viagem:

1) Para turismo: http://www.viajenaviagem.com/2012/01/primeira-viagem-um-fim-de-semana-em-buenos-aires/
>>> foi o melhor guia que encontrei. Dá dicas práticas do lugares para conhecer, e até o nome da rua que você deve pedir ao taxista para te levar. mt foi super super super útil!

2) Para moda: http://www.garotasestupidas.com/tag/buenos-aires/
>>>  procurei dicas de moda em vários blogs, mas foi no Garotas Estúpidas que eu gostei mais do que vi. Recomendo também! Lá, além das dicas de moda, têm dicas super ótimas de restaurantes!

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Look do dia – Buenos Aires (2)

04 jun 12

Hello, madames!!

Mais uma segunda-feira em nossas vidas! Pelo menos, dessa vez, a gente começa a semana com duas boas notícias:

(1) quinta-feira é feriado;

(2) hoje tem look do dia para vocês!

E já que é look do dia de viagem, esse post é também uma boa oportunidade de compartilhar duas diquinhas da cidade com vocês. Como sabem, recentemente fui a Buenos Aires e como foi minha primeira vez por lá, acabei fazendo programa turistão mesmo. Para quem pretende ir à capital argentina nessa mesma pegada que eu, anota aí dois lugares must-go – e que serviram de plano de fundo para as fotos do look do dia.

Como fiquei hospedada na Recoleta (anota aí Dazzler Laprida, Recoleta – foi o hotel que eu fiquei! muito bom e precinho amyyyyygo!), o passeio turístico começou passeando pelas redondezas. Saindo do hotel caminhei até o Cemitério e de lá, desci para a Avenida Figueroa Alcorta, onde o ambiente é beeem agradável, uma delícia para passear. Além do ambiente gostoso e da praça ampla, uma parada obrigatória – nem que seja para dar só uma espiadinha – é a linda Faculdade de Direito, em um prédio antigo belíssimo, e essa flor de aço aí atrás, na foto acima. É Floralis Generica, obra doada por um arquiteto à cidade, e que, a depender da hora do dia, você pode encontrá-la aberta ou fechada. Assim, como uma flor normal.

Lindo.

Observação: nessa mesma Avenida, você ainda verá o Museu de Belas Artes. Dessa vez nem procurei saber de exposições – mas se você curte um museu, certamente é um lugar a se conhecer.

Dito isso – e depois de caminhar um pouco pela avenida – pegamos um taxi rumo ao Jardín Japonés. O taxista mau humorado (hahaha) que pegamos dessa vez, fez de tudo para nos convencer a não irmos lá. “Não há nada de mais: uma ponte pequena, meia dúzia de peixes coloridos e só”. A gente quase desanimou dianta da empolgação do sujeito, mas turista que é turista não pode simplesmente deixar de ir aos lugares turísticos, certo? E embora o jardín seja mesmo um lago, uma ponte e meia dúzia de peixes coloridos, vale o passeio. O local é bonito, dá boas fotos e oferece um agradável passeio (romântico, no meu caso! hihihi).

E aí, já que o ambiente era legal, lá fui eu requisitar Felipe novamente para fotos “look do dia”. Ele até que já se acostumou com isso – eu acho.

Tricô – Banana Republic
Malha – Zara
Lenço – não sei, era de minha mãe…
Saia – Afghan (Mesckla)
Legging – Scala
Botas – Schutz (inverno 2012)
Bolsa – LV 

Assim como nos posts que fiz pré-viagem, investi bastante em tricô em Buenos Aires. Esquentavam na medida certa – no geral, peguei temperaturas entra 11 e 15 graus – e dava um estilo-quentinho que eu acho bem charmoso. Vocês curtem?

Categoria: Sem categoria