post da Martinha Fonseca

Essa tal necessidade de aprovação

#DiárioDeMadame

22 maio 17

Há um tempo atrás, uma amiga passou por uma situação difícil, daquelas que eu e outras tantas pessoas que ela tem por perto correram para ouvir e dar conselhos. Agimos na esperança de poder ajudar a pessoa que a gente tanto gosta a se sentir melhor, a ficar bem, a sair dessa. E eu não sei se para as outras amigas isso foi uma surpresa, mas para mim a reação dela foi algo tão diferente do que eu faria que aquilo até hoje, semanas e semanas depois, ainda ecoa em mim.

Antes que eu ou qualquer outra amiga pudesse desbravar no mundo dos conselhos, ela veio e disse: “eu não quero conselhos, quero agir por conta própria. Tudo bem para vocês?“. E desde então temos respeitado o silêncio que ela impôs em relação ao mundo externo,  para que ela aja conforme o que ela pensa e o que ela quer, sem acabar ficando confusa com conselhos de outras pessoas – por melhor intencionados que fossem (e eram).

E sabe que eu achei digno e super inspirador ela ter feito isso? Me fez pensar o quanto de mim ainda é uma criança de 10 anos que precisa ter minhas atitudes e ações acolhidas por outros, sabe? O quanto de mim ainda é ansiedade por sentir que não agradei? O quanto de mim toma como problema pessoal a não aprovação das pessoas? Ou a simples indiferença? Que parte de mim, grande ou pequena, precisa contar aos outros o que pensa para receber de volta uma aprovação de que o que eu penso está certo?

Minha amiga talvez não saiba que, além do bem que ela fez a ela mesma, ela  me deu um alerta (mais um, na verdade) de algo importante que desejo trabalhar em mim mesma: substituir a aflição de não agradar os outros sempre, pela certeza de que o que eu faço me agrada. Ela, muito provavelmente sem saber, me lembrou da importância de agir conforme o que me parece certo, sem me confundir com o que os outros esperam de mim; me lembrou da importância de encontrar sossego no que é verdade para mim mesma, sem transferir a responsabilidade do que me faz bem para o outro. Me lembrou que as pessoas que se gostam por muitas vezes podem discordar, e que eu não preciso me sentir mal por isso. Me lembrou ainda, que eu não controlo o que os outros pensam a meu respeito – e que, apesar de ter sido sincera e verdadeira comigo, o que eu sou não agradou alguém. E que é normal se e quando isso acontecer.

“uns vão amar-te, outros vão odiar-te: e nada disso terá a ver contigo”. Combinado?

uhu, looks da semana para vocês! agora sim podemos começar a semana com  pé direito, né?

LOOKDODIA-1

1 – compromissos do blog: jardineira Boah, blusa Zara, meia Zara, sapato e bolsa Schutz
2 – dia a dia: cropped frufru, saia mesckla, parka zara, tênis melissa;
3 – sexta à noite: tricô frufru, saia dafiti, bolsa it bags brasil, bota vicenza
4 – almoço de sábado: blusa não lembro, maxi cardigan frufru, calça renner, cinto forever xxi, bolsa arezzo, sandália schutz

beijos, madames!

Categoria: Diário de Madame
post da Martinha Fonseca

Look do dia militar by @frufrustore

para entrar no mood outono-inverno

15 maio 17

Hello, madames! Prontas para começar a semana?? Hoje eu trouxe esse look do dia militar by @frufrustore para inspirar a gente!

look-militar-7

 

As segundas-feiras costumam começar com Diário de Madame por aqui, mas como expliquei lá no instagram (@armariodemadame), hoje eu precisei usar o horário comercial para resolver coisas na rua super importantes para o andamento do blog (a.k.a banco! hahaha). Mas aí, enquanto eu não paro, respiro e me inspiro para escrever um post com uma mensagem do coração para vocês, vamos de looks do dia militar, porque ó, ele tá lindão!

look-militar-5

A essa altura vocês já sabem que o militar (seja a cor ou a estampa) está bem em alta no outono-inverno 2017. No visú de hoje, então, eu resolvi embarcar bem nesse mood e associar ao conjunto de tshirt e maxicardigam de estampa camuflada peças que conversam com esse universo utilitário do militar.

Por isso, então, a combinação com o short de couro que também é da @frufrustore, e com a bota de salto tratorado da @schutzsalvador que qualquer hora dessa vai sair andando sozinha de tanto que eu uso! Para completar, batom “vinho madame” (ou “vinho-luz”) para manter esse clima mais dramático de um look típico do outono-inverno.

E só para dar uma gracinha, um pouquinho de açúcar com o algodão-doce, co-protagonista das fotos de hoje. Enjoy!

look-militar-4 look-militar-3look-militar-8 look-militar-1look-militar-6
look-militar-10 look-militar-9

Look do dia militar by @frufrustore | bota – @schutzsalvador

fotos: @marinnacalmon

Categoria: Moda, Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Hidratantes Leite de Amêndoas e Mel da The Body Shop

Testando e amando <3 !

12 maio 17

madame, pensa numa dupla de produtos da melhor qualidade?? Juro, os hidratantes Leite de Amêndoas e Mel da The Body Shop são aquele clássico caso de que, desde a primeira vez que usei, eu morri de amores.Vem cá que eu te explico o porquê!

the-body-shop-almond-milk-and-honey-3

A linha Leite de Amêndoas e Mel da The Body Shop é um dos novos lançamentos da marca (junto com um esfoliante também) e por isso mesmo, quando recebi, fui correndo começar a testar. A The Body Shop é conhecida por fazer produtos de qualidade e, previamente, eu já havia amado outros hidratantes de lá. Ainda bem, para felicidade da minha pele do corpo extra seca, a fama de bons hidratantes continua sendo verdadeira!

the-body-shop-almond-milk-and-honey-1

Na foto acima, está o sabonete de banho. Ele é bem líquido, leve mesmo, sabe? Confesso que eu sempre passo um sabonete normal para fazer a limpeza, e depois aplico o sabonete líquido da The Body Shop como se fosse um hidrante da banho – mas isso é coisa da minha cabeça, hahaha. De todo modo, achei o produto super prático e de fato oferece uma hidratação ao corpo, sem você ter aquela sensação de que passou produto na pele. Gosto de usar toda vez que todo banho, principalmente durante o dia – assim, minha pele que é extrasseca, recebe um cuidado sem atrapalhar minha rotina diária.

R$47,00

the-body-shop-almond-milk-and-honey-2

Já a manteiga corporal (ou “butter butter”, como a marca chama) oferece uma hidratação mais intensa e mais encorpada – mas, antes que vocês se assustem, não é uma hidratação inconveniente, sabe? Eu gosto muito de passar antes de dormir e a sensação na pele é tão, tão boa que tenho conseguido manter a rotina. Como disse, minha pela é extrasseca, então me dou super bem com hidratantes mais intensos, mesmo com o calor e abafamento do clima de salvador. De todo  modo, madames que tenham a pele mais hidratada do que a minha (que quase parece o chão do sertão) talvez prefiram usar o sabonete líquido no banho.

R$65,00

Por fim, só não curti muito o cheiro. Ele não é forte, nem nada, mas eu não curto produtos de mel. Questão de gosto mesmo, não chega a ser um “defeito”, sabe? Até porque, no final das contas, apesar do cheiro não ser meu favorito, ele não é tão forte, e eu acabo usando, pensando no benefício da coisa toda.

E vocÊs, madames Gostam de usar hidratantes? Já usou algum da the Body shop? ou algum outro produto dessa nova linha?

Me conta!

Categoria: Beleza