post da Martinha Fonseca

VLOG!

Curso Reset Yourselfie para Blogueiras

28 jun 16

OBA!!

Tava doida para liberar esse vlog para vocÊs! Fiquei muito triste que perdi todos os videos da primeira semana desse curso tão especial! Mas graças a deus  o curso tinha duas semanas, e eu tive uma segunda chance de registrar tudo para compartilhar com vocês!

Teve aula de facebook, instagram, bastidores de lojas incríveis como a Ralph Lauren, jantares e almoços. Foi demais! Ainda mais pela companhia de tantas bloggers lindas, vale à pena vocês conhecerem cada uma delas! mesmo, mesmo!

Quem ainda não é inscrita, se inscreve tá?? Estamos com 7.100 inscritas! Vamos unir forças para chegar em 10 mil! uhuuu!!!

Categoria: Moda, Viagem e Gastronomia, Video
post da Martinha Fonseca

Urbano

Look do Dia

27 jun 16

É por isso que não entendo quem fala que roupa é só roupa. Mais do que apenas peças que a gente veste, a roupa é falar sem usar palavras, é comunicação do humor do dia, é uma forma de guardar uma história, de eternizar uma memória – quem não tem aquela roupa que lembra um dia engraçado com as amigas ou a primeira reunião importante no trabalho?

A roupa pode ser também um abraço que nós damos em nós mesmas. Um carinho, um elogio, um “vai que hoje você pode“. Definitivamente, roupa que faz eu me sentir bem comigo mesma ganha pontos no meu caderninho. Pontos, muitos pontos.

AM lolita-1

Esse visú foi de pré-feriado. Queria algo confortável, mas que não deixasse de ser estiloso, sabe? Como disse aí em cima, queria uma roupa que me abraçasse, que me fizesse elogio, que me fizesse me sentir bem. E foi aí que entrou essa vibe meio urbana – mas sempre com um toque feminino, porque né, se fosse diferente não seria eu.

AM lolita-2 AM lolita-4

O macaquinho amarelo da Lollita Lollita, bm folgadinho, quase boyfriend, foi a primeira escolha – é também a peça central do look com essa cor incrível que, modéstia à parte, me cai tão bem. Daí segui com o flatform no pés, equilibrando o seu peso com colares mais leves; e, por fim, uma “bolsa baú” da coleção de inverno da Capodarte que tem essa corrente e que também segue a linha sport-feminino que permeia todo o look.

A misturinha de tudo deu um resultado que me agradou, sabe? Da cabeça aos pés!

AM lolita-6 AM lolita-9 AM lolita-11 AM lolita-24AM lolita-13 AM lolita-14AM lolita-10

AM lolita-20

Macaquinho – Dress To para Lollita Lollita (@_lollitalollita) | Flatform  – Schutz | Jaqueta – Dafiti | Bolsa – Capodarte (@capodartesalvador) | Bracelete   – Boah | Colar (letra) – Leticia Peranovich | Colar (coração) – Tiffany´s

Fotos: @mariannacalmon

Categoria: Moda
post da Martinha Fonseca

Diário de Madame

Uma otimista reclamona

27 jun 16

Eu sou uma pessoa otimista. Sim, uma otimista dramática e reclamona, mas ainda assim uma otimista. E todo mês eu tenho provas disso.

Desde que comecei a tomar anticoncepcionais (há uns 10 anos atrás! xi, tô velha!kkkk), eu percebi que algo novo entrou na minha vida: TPM. Sim, essas três letrinhas mágicas capazes de fazer um estrago com meu emocional, com minha percepção sobre o mundo ao meu redor, e ainda mais grave, capaz de alterar toda a percepção que tenho sobre mim mesma.

TPM, essa danada.

Na TPM, eu tenho duas fases. A primeira é a mais curta, e é quando eu costumo ficar bem irritada e sem paciência – para nada, nem para ninguém. Em seguida, a segunda fase, vem sempre bem hardcore. É quando a fragilidade, a hipersensibilidade e o drama generalizado tomam conta de cada molécula do meu corpinho e eu me vejo lá, perdida no meio de tantos sentimentos negativos (sobre mim e sobre minha vida), sem saber onde está a máscara de oxigênio e o assento inflável que a aeromoça da vida me prometeu quando eu iniciei essa viagem. :P

a1

Todo mês a mesma coisa: eu me desanimo, eu acho que estou fazendo tudo errado e me vejo convicta de que tão pouco sei fazer algo de diferente para tentar fazer o certo; as metas parecem distantes e impossíveis de serem alcançadas, meu corpo se ressente de tudo que não consegue fazer e nada parece ser capaz de melhorar. Na-da.

Mas é aí, quando alcanço o fim do poço emocional, que um trampolim de entusiasmo me aparece e eu revelo o meu lado mais otimista. Daniel a essa altura já sabe de todo meu funcionamento, porque é assim todo mês: depois do chororô desanimado, renasce uma Marta absoluta (alô, stephany do cross fox!), cheia de novas metas e de um plano de ação, com um novo fôlego, com uma vontade imensa de fazer tudo dá certo.

 

E por mais que toda vez eu seja também reclamona e dramática, eu amo ser a otimista que renasce das cinzas. Que se refaz, que se reinventa, que encontra forças para insistir, que encontra coragem para tentar ser um pouco mais do que já fui.

Gosto mais ainda quando essa sensação de “vamos, lá, you can do it” apareço logo no início da semana. A gente acredita ainda mais que tudo vai dar certo.

E não é maravilhoso sentir isso?

a2

Boa semana para gente, madames! Estou com as baterias recarregadas, o otimismo lá em cima e super empolgada preparando uma programação especial para o melhor mês do ano! Julho tá chegando!!! <3

Categoria: Diário de Madame