post da Martinha Fonseca

Decoração com espelho

para todos gostos!

29 jun 17

 

ah, minha futura casa. Tão distante, tão sem data para existir, mas tão presente nos meu sonhos..hahah. como lidar, não é? Da única forma que eu sei: fazendo post a respeito! Hoje, por exemplo, vim compartilhar algumas ideias de decoração com espelho. Porque enquanto o projeto de ter um “#casademadame” não vira algo mais real e enquanto eu não preciso me preocupar com o preço das coisas, vamos sonhando com o mundo ideal, com casas lindas e bem decoradas, cheias de espelhos?

O legal de decoração com espelho é que eles ajudam a dar mais amplitude aos ambientes, além de deixá-los mais chiques! Fora que com boas idéias, você consegue decorar sua casa de forma criativa sem gastar muito. Afinal, em pequenos detalhes (como numa bandeja no banheiro) ou em grandes decorações (como um espelho na parede, de cima até o chão), ainda é mais em conta comprar um espelho do que comprar e decorar uma estante grande, ou investir em vários itens de decoração. certo?

Dito isso, vamos ao que interessa: às idéias de decoração com espelho. Tentei ser o mais variada possível justamente para mostrar como espelhos podem ser versáteis. Quem for madame que tiver sua própria casa vai gostar. Quem ainda morar com os pais e só puder fazer pequenas mudanças de decoração no próprio quarto também vai gostar. E quem, como eu, gosta de sonhar com decoração, também vai gostar! vem comigo!!

1decoracao-com-espelho-1 1decoracao-com-espelho-2 1decoracao-com-espelho-3 1decoracao-com-espelho-4 1decoracao-com-espelho-5

Categoria: Decor
post da Martinha Fonseca

7 maneiras de usar track pants

dicas de madame para usar já!

27 jun 17

 

Track Pants. Talvez você não esteja ligando o nome em inglês ao modelo de calça que certamente você tem visto muito nas ruas. Mas sabe aquelas calças bem esportivas, bem anos 90 com um risco na lateral? Pois é, elas são as famosas track pants, tão em alta atualmente na moda e que é, olha só, o nosso assunto de hoje aqui no Armário de Madame! Uhu, vamos às dicas para aprender 7 maneiras de usar track pants?

7-maneiras-de-usar-track-pants-armario-de-madame-1

Primeiro, vamos a uma dica básica de styling: juntar opostos. E já que as track pants têm uma pegada mais esportiva, por que não deixar o look mais arrumado combinando a calça com salto alto? Uma opção de sapato bem feminina é esse modelo bem minimalista com uma tirinha na frente. É bem feminino e ajuda a deixar o visual com calça menos “caricato”, se algo esportivo demais não foi o seu estilo.

7-maneiras-de-usar-track-pants-armario-de-madame-2

Por outro lado, uma ótima forma de compor um look com as track pants é pensando em unir peças que reforcem a sua identidade “esportiva dos anos 90”. Quer algo mais 90´s do que a tshirt, madame? Então junta as duas peças que com essa dupla o look estiloso é certeiro!

7-maneiras-de-usar-track-pants-armario-de-madame-3

Eu falei logo no início, na possibilidade de usar esse tipo de calça com salto alto de tirinhas finas. Mas ó, se a idéia é adicionar feminilidade e poder, os scarpins também podem entrar nesse jogo, tá? Você pode montar um look mais trabalhado no monocromático e com cores discretas se quiser ir trabalhar, por exemplo, ou fazer igual ao primeiro look da montagem acima (esq.), e ir toda trabalhada nas cores. É mara!

7-maneiras-de-usar-track-pants-armario-de-madame-4

A quarta maneira de usar track pants é apostando na sobreposição. E aí fica a seu critério estabelecer que tipo de sobreposição é mais adequada ao seu estilo, temperatura e ocasião. Nas fotos eu tentei ser o mais diversa possível para mostrar que apesar da track pant ser bem esportiva, em cima dela você pode combinar peças de diferentes estilos conforme te agrade mais. Na parte da sobreposições, por exemplo, pode ser um blazer preto para deixar mais clássico, uma jaqueta bomber se quiser ficar mais fashionita e até um casaco mais alongado se tiver frio e você quiser um look confortável para bater perna.

7-maneiras-de-usar-track-pants-armario-de-madame-5

Inclusive, madame, as track pants não precisam necessariamente ter uma modelagem só, não, viu? Elas são caracterizadas por terem uma ou mais listras na lateral, e por isso mesmo, imprimirem um estilo mais esportivo. Mas isso não quer dizer que a gente não consiga achar por aí modelos mais amplos (que não dêem aquela afunilada no tornozelo) ou até mais curtas, tipo cropped ou pantacourt. Não é massa essa variedade?

7-maneiras-de-usar-track-pants-armario-de-madame-6

A penúltima dica do post de hoje, é combinar as track pants com tênis, claro!! casou de as imagens que eu encontrei serem com o nosso amado tênis branco, mas vocês já estão carecas de saber que as imagens aqui são apenas inspirações, né, madameS? Vocês podem compor um look usando tênis branco, mas podem compor também com qualquer outro tipo de tênis ou até de sapato flat que vocês queiram. As calças esportivas são ótimas oportunidades de compor looks descontraídos mas ao mesmo tempo arrumadinhos. se joga!

7-maneiras-de-usar-track-pants-armario-de-madame-7

Por fim, só para não dizer que não falei de flores, olha aí a combinação desse tipo de calça com blusa de botão! Aqui nesse vídeo de “15 peças essenciais para ter no armário” eu falei da importância de ter uma blusa assim no armário. Sim, ela é super clássica e formal, mas não é que pode combinar lindamente com uma peça mais descontraída e informal? a mistura dá certo, madame!

e aí, gostam das 7 maneiras de usar track pants? espero que sim e que registrem a opinião de vocês aí nos comentários, hein?? tô aguardando! vamos animar as coisas aqui no armário de madame, hein???

 

Categoria: Moda
post da Martinha Fonseca

Diário de Madame

i´m not done changing

26 jun 17

Nesses dias paradões de são joão (pelo menos para mim que não fui dançar forró no interior), me peguei acompanhando um polêmica em torno da blogueira Rayza Nicacio, da qual eu ainda não tinha tomado pé até então. Eu não sou  muito de acompanhar o trabalho dela, mas lendo alguns comentários, deu para entender que ela tem sido acusada bastante de “ter mudado” desde que se separou do marido, com várias leitoras reclamando que ela “não é mais a mesma”, que “depois do casamento ela despirocou” e por aí vai.

A mesma dinâmica da crucificação da mudança aconteceu e acontece com Bianca Andrade, a famosa Boca Rosa – essa sim uma blogueira que eu acompanho, curto, dou like, assisto vídeo e tudo mais. Novamente, post sim, post não, uma chuva de comentários maliciosos do tipo “nossa, essa aí não é mais a mesma”, “muito forçada, não sei quem ainda acredita em algo que ela faz”, e etc, etc, etc.

Daí que fiquei alguns bons minutos ou horas, talvez, pensando como o ser humano estranha mesmo a mudança, né? Rechaça o que é diferente, pune quem questiona, quem se questiona e quem experimenta mudar. É como se essa pessoa tentasse, a todo custo, manter a vida sobre o controle daquilo que já se sabe como funciona. E aí, não é de se estranhar que, quem se apega tanto a essa controle do “eu já sei que aqui funciona assim, então é melhor manter tudo desse jeito“, tenha tanto medo, reaja com tanto pavor e ira, até, diante de quem ouse mudar.

Mas veja só, que mania é essa de se achar tão importante a ponto de sua opinião sobre a mudança do outro ter que, necessariamente, ser levada em consideração? Que vaidade é essa que nós temos de nos acharmos traídos, ofendidos de forma pessoal, quando alguém ao nosso redor decide mudar e agir de uma forma diferente do que agiríamos, estivéssemos nós no lugar dessa pessoa?

Não dá para esperar que sejamos iguais o tempo todo. Não dá para esperar que, passando por tantos acontecimentos, ora felizes, ora traumáticos e difíceis, a gente saia dali um produto igualzinho ao que entrou. Tampouco dá para esperar que as pessoas se satisfaçam sempre com as mesmas coisas, que não desejem ter ou ser mais, que não sonhem em experimentar o diferente, e ai fica meio retórico perguntar, mas vamos lá: quem é que vai colher diferentes resultados agindo da mesma maneira?

Mudar faz parte. E até estranhar a mudança de uma pessoa também faz. Mas crucificar, se achar no direito de julgar, opinar e tacar pedras em quem muda, aí já é demais. A quem pensar em mudar, meu desejo de que bons resultados sejam colhidos, que todo o esforço valha à pena, e que, não tendo atingido o objetivo desejado, que algo de bom e importante seja aprendido durante o percurso. A quem está do outro lado da mudança me contato com alguém que você julga “não ser mais o mesmo”, meu desejo que você consiga preencher sua vida de coisas mais importantes, que em vez de gastar tanta energia apontando o dedo para os outros, você descubra em você situações que valham à pena gastar a sua própria energia. Que você exercite o direito de não gostar e se afastar de alguém diante de alguma mudança, mas que não se ache no direito de querer, a todo custo, convencer o outro de o que ele quer fazer da vida dele está errado.

Como já dizia minha mãezinha, “deixa a vida de quelé”.

a-há! olha nóissss de volta aqui no armário de madame! sim, temos sombrios de sumiço por aqui, mas estou de volta. Foi bem legal ter me dedicado ao youtube, conseguido os 20 mil inscritos, mãaaas, nunca antes na história desse blog esse nosso cantinho ficou tão abandonado, e isso não é legal, né?

Então vamos voltar com os diários e os demais posts, que mesmo em tempo de poucos leitores por aqui, esse é um espaço que eu quero manter.

<3

A partir da próxima semana eu volto a fotografar meus looks do dia a dia e posto aqui junto com o diário, ok?

 

 

 

Categoria: Diário de Madame