post da Martinha Fonseca

Diário de Madame: sobre pessoas tóxicas

Apenas acene e sorria

20 mar 17

Durante muito tempo, eu achava que a maldade morava do outro lado da rua. Ou nos capítulos das novelas. Ou nas manchetes de jornais. Em todo e qualquer lugar, menos  na minha vida, claro. Daí que, com a morte de minha mãe, eu perdi também o que costumo chamar de “filtro cor de rosa da vida” e com essa perda me veio a noção de que, às vezes, infelizmente, a maldade pode morar ao lado.

Demorei a entender que sim, existe gente ruim nesse mundo – no meu mundo; sim, existem pessoas tóxicas, e é questão de sobrevivência aprender como conviver com elas. Resisti contra mim mesma e essa minha vontade – quase defeito – de querer sempre ser certinha, transparente e clara com tudo e todos, e aprendi que, em certas situações, o melhor a fazer é apenas acenar e sorrir. Simples assim. Sem conflitos, sem questionamentos, sem embates. Afinal, quem é fulano na fila do pão para merecer minha verdade, transparência, meus sentimentos, consideração e atenção?

577dfb0892d50_576d3aa25df79_giphy_78

A pessoa tá lá cheia de mentiras, distorcendo acontecimentos e contando uma história totalmente deslocada da realidade. Se não tem a ver comigo ou com alguma injustiça direta com alguém que conheço e gosto, apenas aceno e sorrio.

A pessoa vem com garras, unhas e dentes, pronta para causar conflitos e arrastar quem estiver à sua volta para uma espiral emocional negativa.  A solução? Acene e sorria. De preferência, bem de longe. Porque uma coisa que tenho aprendido é que cair no jogo dessas pessoas, se deixar dominar ou se sentir parte responsável sobre o outro, nesse caso, não te leva a lugar algum. Não se envolva, não se deixe levar e se possível nem se aproxime. Apenas, de longe mesmo, acene e sorria.

tumblr_m4wh4rAgP81qkagt0o4_250

 

 

Quando a gente aprende a se distanciar emocionalmente do outro, a limitar a ação e o domínio do outro sobre nós, a coisa toda funciona mais facilmente. Me pareceu meio egoísta e “auto anulatório” esse história de acenar e sorrir, de não me envolver, não me manifestar e até de me distanciar. Mas aí você aprende que bom mesmo é focar as energias em você, em pensar no seu sucesso, na sua alegria e na alegria das pessoas que de fato importam. A quem te suga energia, a quem te coloca para baixo (ainda que seja um “modus operandi” e não algo pessoal com você) ofereça apenas duas coisas: um aceno e um sorriso.

oi, madames!!!

para completar nosso Diário de Madame da semana, alguns dos looks que usei! uhu
diario2

1. sábado à noite: body @cambon21tees, calça zara, sandália luiza barcelos, bolsa zara.
2. gravação do Chegue Mais: vestido @cambon21tees, colete C&a, flatform Vizzano, bolsa schutz
3. SPFW, day 1: look Skazi para @mesckla, bolsa e sapato também @mesckla
4. SPFW, day 2: blusa e vestido zara, flatform Vizzano, bolsa mesckla, meia zara

:*

 

Categoria: Diário de Madame
Comente pelo facebook
9 comentários
  1. Morgana Neves

    Tem gente ruim mesmo. Pior do que gente má, mal intencionanda, é gente de má índole e mau caratér em pele de ovelha ( é o velho lobo em pele de cordeiro…) É fazer quem nem os pinguins de Madagascar: acene e sorria, acene e sorria, acene. e. sorria…

    Responder
    • kkkkkk, boa lembrança!! esses pinguins são engraçados!! e nesse caso, inteligentíssimos também!

      Responder
  2. Gabi

    Confesso que do alto dos meus 30 anos eu ainda tenho esse filtro cor de rosa, Martinha. O tempo já me ensinou que tem mta gente ruim nesse mundo, mas msm assim, às vezes ainda me pego confiando inocentemente em algum desconhecido aí tenho que me dar u puxão de orelha pra poder enxergar as situações com um pouco mais de razão.

    Responder
    • é um equilíbrio difícil, né, gabi…a gente não quer deixar de acreditar nas pessoas, de ser otimista e não ser amargurada. mas acho que vale à pena sim tentar se preservar, deixar entrar no nosso mundo apenas quem vale à pena. beijos!

      Responder
  3. Eva Boullosa

    Martinha!!! Achei ótimo o texto, às vezes é difícil pra caramba!!!!!
    Massss mudando de assunto… estou atras de um colete/parca
    Com essa pegada militar! Tem muito tempo que vc comprou
    Essa na C&A? Encontrei uma diva na Bobstore, mas é R$ 580,00

    Beijocas e uma semana cheia de coisas boas pra vc!

    Responder
  4. keila

    Maravilhoso o seu post Martinha. Concordo super. Demorei a aprender a deixar pra lá, a simplesmente acenar e sorrir, na verdade estou aprendendo ainda, mas é a melhor coisa que tenho feito por mim, pelo cuidado comigo mesma. E não é questão de não ser transparente, é de auto proteção mesmo. Adoro os seus posts e o diário de madame é especial!! Bjo

    Responder
  5. Isabelle Malbouisson

    Martinha,

    Adorei seu texto dessa semana! Me identifiquei com o seu “jeito certinha” e por ter encontrado algumas pessoas tóxicas pela vida. O diário é o que eu mais gosto do seu blog e o que diferencia ele de tantos outros.

    Também estudei no CSP, mas sou um pouquinho mais velha…rsrsrs. Moro em Sampa e quando vejo seus videos em SSa, bate saudade. Minha família ainda mora aí.

    Um beijo,

    Isabelle.

    Responder
  6. Priscila

    Martinha, acho que esse foi um dos posts que eu mais me identifiquei! Aplico muito o “sorria e acene” porque, na maioria das vezes, é a melhor opção para não se envolver em situações alheias e também para se preservar, ou seja: melhor coisa!!
    Você é uma querida, sucesso :**

    Responder
  7. Larissa Guimarães

    Martinhaaaa, essas makes tão muito lindas!!! E a que você aparece no vlog tambémm!! Faz video pleaseeeee

    Responder
Deixe um comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em Gravatar.com