post da Martinha Fonseca

Como aproveitar as liquidações de verão

dica de madame pra vida toda!

15 fev 17

Ah, madames! Vem cá, vamos conversar sobre fazer nosso rico dinheirinho render, sobre como gastar dinheiro com sabedoria e sobre como fazer compras inteligentes que tragam possibilidades novas pro nosso armário e não frustração e peças encostadas. Vamos falar, então, sobre como aproveitar as liquidações de verão?

Várias lojas já estão com preview de inverno, é verdade, mas ainda tem muita loja boa com liquidação de verão, preços convidativos, promoções e descontos. E como madame que é madame não quer cair numa furada e gastar dinheiro à toa, preparei um guia de como aproveitar as liquidações de verão com inteligência.

Esse guia está dividido em duas partes: a mais importante (creia!) que acontece EM CASA e a fase de execução, que acontece NA LOJA. Vem comigo, madame, que vai dar tudo certo!

LIQUI-7

Em casa, o seu primeiro momento é a Análise do Guardarroupa. Tire alguns minutos e observe suas roupas e sapatos. Que peças você mais tem usado nos últimos meses? Ciganinha? Short de cintura alta? Jeans? Estampas? Cores? E que peças você lembra de ter sentido falta quando montava esses looks? Talvez blusas mais decotadas? Blusas neutras? Partes debaixo? Roupa de balada? Roupa de trabalho? Ter esses duas categorias bem definidas na sua cabeça é algo imprescindível para fazer seu momento de compras dar certo.

Porque veja: às vezes você se apaixonou, por exemplo, por blusas ciganinhas o verão todo e acha sinceramente que dá para investir mais nesse tipo de peça. Funciona para você, você combina com facilidade, te faz se sentir bonita.E se é assim, ok, ela merece ir para a lista de compras. Por outro lado, pode ser que, apesar de você amar e usar muito ciganinha, você percebeu, olhando seu armário, que você já tem uma variedade boa de blusas nesse modelo (cores, tamanhos, estampas, tecidos, etc) e se for esse o caso, já não vale à pena comprar mais do mesmo. Entende? Não existe certo e errado na hora das compras, é tudo muito pessoal, com base no que funciona ou não para você.

LIQUI-4

O segundo momento em casa deve ser o de fazer A Lista de Compras. Parece burocrático, inútil, perda de tempo, mas não é. Até pode ser algo bem informal mesmo, tipo um bloco de notas no celular. E aí você divide em duas partes: as peças que você quer focar na hora das compras (o que você deseja, o que precisa, o que funciona, o que quer ter mais) e o que você deve evitar. Assim, você não só vai entrar mais focada na loja, como facilmente será lembrada de não comprar mais tshirts ou blusas brancas ou peças pretas, por exemplo, já que você observou que isso está sobrando no seu armário.

O terceiro momento ainda quando você estiver em casa é Planejar o Orçamento. Não adianta sonhar com uma calça de couro bapho que esta de R$1500 por R$900,  se seu budget é de R$300,00, certo? E nada de achar que com seu rico dinheiro não vai dar para aproveitar as liquidações, porque como estou mostrando nesse guia, com foco e organização, sempre dá para fazer uma farrinha.

LIQUI-6

Feito tudo isso antes de sair de casa, hora de ir para as lojas de olho nesse passo a passo aí embaixo:

Escolha o seu roteiro de lojas: às vezes você quer aproveitar os preços baixos para pagar menos pelo que você compraria de qualquer jeito, ou pagar menos no que você já costuma comprar. Nesse caso, vale à pena ir nas lojas que você já conhece, nas que você já é cliente e garimpar. A outra opção é você aproveitar as liquidações de verão e investir em peças que você não compraria pelo preço cheio (por ser caro pro seu bolso), mas que na liquidação costumam ficar mais convidativas. Nesse caso, o seu roteiro deve incluir lojas que você costuma paquerar a vitrine e nunca entrar. E ó, nada de ter vergonha de entrar em loja não, viu? rai ai!

Permaneça fiel à lista de compras: isso é meio óbvio, né? Não adianta nada ter todo aquele trabalho de analisar seus looks, suas roupas e seu armário e depois entrar na loja e esquecer de tudo. Vai rolar arrependimento se você agir assim, hein? Vai por mim! Então, vai pra liquidação? Já entra na loja mentalizando o que você quer e o que você não pode comprar! Combinado?

LIQUI-3

Não fuja do provador: às vezes a gente tá com pressa, às vezes a loja tá cheia, às vezes o namorado já está sem paciência, às vezes o atendimento é ruim. Sim, tudo isso pode acontecer, mas quer saber? Nada disso é justificativa para você não experimentar a peça que você quer comprar. Principalmente porque várias lojas adotam a política de não trocar as peças promocionais, então não vai se dar chance de se arrepender de uma compra e depois ficar com um elefante branco no armário, tá? Deixa de preguiça, madame!

Cuidado com os ajustes e defeitos: tem roupa que a gente veste e com uma bainha feita aqui ou uma ajuste na cintura acolá, ela fica perfeita. Normalmente esse tipo de compra é super válida – até porque, acreditem, a minoria das pessoas de fato veste as roupas sem precisar de algum tipo de ajuste. De todo modo, ajuste é uma coisa, uma roupa nova na costureira é outra. Nada de inventar arte de comprar roupa G para apertar e virar P, hein? Isso às vezes até dá certo com uma ou outra pessoa, mas em grande parte das vezes a roupa ajustada nunca fica tão bonita quanto se espera.

Além disso, as lojas costumam dar descontos a bolsas e sapatos com algum defeito. Um risco no solado, um arranhão aqui ou acolá. E eu mesma já comprei peça assim que super valeu à pena. Mas, novamente, cautela, tá? Não vai comprar uma blusa furada, uma bolsa que o botão no fecha e por aí vai, só porque está barato.

LIQUI-2

Inclusive, aqui vai um alerta: quando você começar a pensar frases do tipo “mas tá tão baratinho” ou “por esse preço..”, largue a peça na hora e dê as costas!! hahaha chances altíssimas de você estar se deixando levar pelo calor do momento e optando por comprar uma peça-problema!

Vale à pena também ficar atenta às novas coleções: a maioria das tendências não aparecem de uma outra pra outra, e sempre vêm de leve nas temporadas anteriores até virar tendência real e super forte na temporada seguinte, entende?  Saia plissada, peças com estilo militar, blusas com laços na gola são exemplo de tendências de inverno que você pode encontrar nas liquidações de verão e que você super vai usar no inverno 2017.

LIQUI-1

Lembre-se: os clássicos são sempre boas opções! Então scarpins, saltos neutros, bolsas clássicas, blusas lisas, calças jeans são sempre boas opções. Leve sempre em consideração seu estilo e rotina de vida para estabelecer o que de fato é clássico para você e vá fundo, sem medo, nesse compra!

Por fim, se atenha ao budget: nada de tirar dinheiro das economias do carro novo, da mensalidade da faculdade, do orçamento da viagem de férias para comprar roupas. Se for o caso (normalmente é, né?), estabeleça prioridades: você até concluiu, analisando seu armário, que poderia ter mais uma blusa ciganinha e que ela seria bem-vinda. Mas na hora de pagar, se não der para levar tudo, opte pelas peças que de fato você precisa (quem sabe um biquini novo? um blusa pra trabalhar) e deixe as peças que você gostaria de ter mas que não são uma necessidade para um outra oportunidade.

Gostaram das dicas, madames?? Então agora que vocês já sabem como aproveitar as liquidações de verão, corre para aproveitar e fazer seu dinheirinho render!

LIQUI-5

hahaha Becky Bloom sempre maravilhosa! <3

 

 

 

 

Categoria: Moda
Comente pelo facebook
3 comentários
  1. Daniela

    Adorei as dicas,mandame!

    Responder
  2. Leilinha

    Amei, Martinha!!!!!

    Responder
  3. Bianca

    Sem dúvida esse é um dos melhores posta que já vi por aqui! Parabéns

    Responder
Deixe um comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em Gravatar.com