post da Martinha Fonseca

Desafio das 5 coisas

participação especial de Sam no video de hoje, yey!

28 jul 15

5coisas-post

Meu aniversário está mesmo especial! <3

Olha só o que eu…ou melhor, o que nós preparamos para as madames nesse lindo 28 de julho: video especial com participação de Samsam, meu irmão mais novo, quase tão importante quando eu nesse blog!

Ele é meu companheiro, sabe? Para tudo, mas principalmente para os videos do blog. Ele sempre opina, gosta de ficar no quarto me vendo gravar, me dá idéias do que eu posso fazer, que assuntos abordar (foi ele que me incentivou a fazer o maquia fala, sabiam?) e mais um monte de coisa. Nada mais justo do que eu programar para, num dia especial como esse, ele marcar presença aqui. Certo?

O bacana é que tem dedo dele do início ao fim: foi ele que deu idéia do assunto do video – “Desafio das 5 coisas-, e pasmem, foi ele que editou o video todinho. Sim, SamSam é um menino habilidoso (e eu uma irmã aniversariante muito babona).

Deixei ele fazer do jeitinho que ele queria, como um presente de aniversário dele para mim. Por isso, a edição hoje está diferente da que costumo fazer, mais clean e definitivamente, menos engraçadinha. Palmas para samsam! <3

E agora, chega de falatório, vamos ao video!!! uhu!

Depois me digam se gostaram!

Só não esqueçam de ver o post especial de aniversário aí embaixo, tá?

Categoria: Video
post da Martinha Fonseca

#Madame27

a idade em que as coisas acontecem

28 jul 15

look-do-dia-aniversario-1

As primeiras ruguinhas no meu rosto não me deixam mentir: os 27 anos chegaram e aquela menina serelepe e tagarela que ama fazer aniversário virou adulta. Oficialmente adulta. É bem verdade que eu continuo serelepe e tagarela, e continuo amando meu aniversário, mas nunca me senti tão adulta como agora.

Na época que eu era pequena, quando eu me imaginava adulta me via no alto dos meus 24 ou 25 anos, formada, noiva ou até casada já planejando filhos. Bobinha eu, né? Porque, a bem da verdade, ser adulta é muito mais do que só formar, casar e ter filho. Aos 27 anos, já dá para perceber que, entre cada um desse três importantes eventos, existe um universo inteirinho de coisas novas esperando para ser conhecido. Sobre o mundo e sobre mim.

Sobre o mundo, já aprendi que ele pode ser igualmente incrível e hostil. Que os desafios existem para serem superados, e que um pouco de paciência cai bem, assim como um pouco de ousadia também. Sobre esse mundo em que vivo, demorei, mas aprendi, que ele é recheado de gente de todo tipo, e que cada um planeja a sua vida como quer e como pode. E que eu, bem eu, tenho mais é que viver minha vida sem me consumir tanto com as escolhas alheias.

Sobre mim, aprendi que sei manter meus amigos por perto e que posso continuar a fazer amigos mais facilmente do que imaginava, que basta ser feliz para atrair outras pessoas felizes por aí. A gente se encontra, ainda que em uma passagem rápida. Sobre mim, aprendi também que ainda resta uma porção bem generosa de doçura e sensibilidade, e que eu continuo a mesma menina chorona que sempre fui – só que agora sofro menos por isso, sabe? Aquele lance de “aceita que dói menos” em alguma medida é verdade. Aprendi que correr atrás vale à pena, que fazer dieta também faz (embora, nessa parte, eu siga derrapando de vez em quando); que amar quem me ama faz um bem danado, e que ter no meu irmão o meu melhor amigo é algo de Deus (and it keeps getting better. como pode, mãe?).

O mais legal sobre esse tantão de coisa que aprendi nesse ano que Deus me permitiu completar é que eles me dão a sensação de que serem apenas a ponta do iceberg, o começo de coisas grandiosas, apenas um capítulo nessa minha história de descobrir o mundo e o meu papel nele. É nesse sentido que, como disse no início do post, que me sinto mais adulta como nunca: aquela idade que você imagina quando criança que as coisas acontecem, no meu caso, eu não preciso mais imaginar. Eu estou nela, nesse momento, agora.

Obrigada, meu Deus, por mais um ciclo que se encerra. Obrigada pela chance de começar mais um.

Aos meus amigos e às minhas madames-leitoras lindas, um único desejo: que vocês continuem assim, pertinho de mim. Pode ser? <3

look-do-dia-aniversario-3 look-do-dia-aniversario-4 look-do-dia-aniversario-5 look-do-dia-aniversario-6 look-do-dia-aniversario-7 look-do-dia-aniversario-8 look-do-dia-aniversario-9 11111111look-do-dia-aniversario-10 look-do-dia-aniversario-11 look-do-dia-aniversario-12 look-do-dia-aniversario-13

fotos: @mariannacalmon

êee, oficialmente #madame27!

Categoria: Diário de Madame
post da Martinha Fonseca

Diário de Madame

"...achando que sofrer é amar demais"

27 jul 15

Eu ando meio musical ultimamente, ne? Depois do post de sábado com um top 5 de músicas felizes, abro o diário de madame da semana com mais uma música:

“Tá bom”, de Los Hermanos, é a trilha sonora de hoje. Quer dizer, não é bem de hoje, porque desde que voltei a ouvir a banda essa é uma as músicas mais tocadas e sempre me chama atenção; especialmente a última parte: “pois se é no não que se descobre de verdade o que te sobra além das coisas casuais; me diz se assim está em paz, achando que sofrer é amar demais“.

A vida, e a gente vai vendo isso com mais clareza conforme vamos virando adultos, é uma sucessão de sofrimentos. Uma montanha russa de “fica tudo bem”, “tem algo indo mal”, depois fica “tudo bem de novo” e já já acontece algo que tira tudo do eixo mais uma vez e testa sua capacidade de se reinventar. Vida linear, feliz, sem grandes acontecimentos e imprevistos é quando a gente tem 10 anos. E acabou. Depois disso, é só a vida real mesmo.

Mas ok, depois que você aceita isso, você vê que tem ainda mais motivos para aproveitar o que a vida te dá de bom, aprende que, ao contrário do amigo aí da música, não necessariamente sofrer é amar demais. Porque vamos combinar, tem gente que gosta de prolongar sofrimento; ou pior, só sabe viver prolongando sofrimento, como se a vida adulta já não fosse difícil demais e que o mínimo que a gente pudesse fazer é cortar sofrimentos “desnecessários” e ciclos de dor que a gente já embarcou umas 10 vezes e sabe onde vai dar.

Para usar outra frase de música de los hermanos, “a estrada vai além do que se vê” – e para quem quer, o sofrimento de agora pode te transformar em uma pessoa nova ali na frente. É só acreditar e perceber que não existe atalho na vida. Já pensou que quem corta caminho demais pra fugir do sofrimento acaba voltando ao mesmo local de onde saiu?

Pois é.

—-

Esse texto aí em cima eu escrevi há uns dias atrás. Ia publicar na semana passada, no Diário de Madame, claro, mas como teve o casamento da minha amiga, acabou que o amor venceu e precisei escrever sobre ele. Espero que não se importem. Porque, vejam só, sendo um texto fresquinho ou um texto “desengavetado”, escrevo sempre com o coração – ainda que, às vezes, menos otimista do que costumo ser; mas é que às vezes a gente precisa de um puxão de orelha para acordar pra vida, né? Ou dar em alguém ou receber de alguém. Como na música de Los Hermanos, que deu origem a tudo. “Senta aqui, que hoje eu quero lhe falar”. E aí começa…hehehe

Mas para além dos assuntos do coração e da vida, vamos à parte 2 do Diário, igualmente importante??

Os looks!

diario-de-madame-1

Conforto foi a palavra da vez para essa semana que passou: foi tudo tão corrido que eu precisava de algo que me acompanhasse. Sabe como é?

1. Blazer My Place para Dafiiti, Blusa Dafiti, Calça Zara, Bolsa Schutz, Tenis Roxy.
2. Blusa Dafiti, Calça Zara, Bolsa Schutz, Oxford C&A
3. Vestido Lollita para Mesckla; sapato e bolsa Mesckla
4.  Cardigan C&a, Blusa, Jeans e Sapatilha Zara.

diario-de-madame-2

Essa semana teve também organização do banheiro. Fiquei tão feliz que consegui colocar o armário em dia! Sabe quando tem algo te incomodando há dias e você fica enrolando para organizar? Pois então! Era assim com o armário do meu banheiro. Mas nada que umas caixinhas e cestinhas da Le Biscuit não resolvessem. Yey!

 

diario-de-madame-3

Ah, madames! Estão sabendo da novidade? Passamos (sim, vocês e eu, ué!) para a fazer final da votação do Trofeu Prime. O Armário de Madame é único blog entre os concorrentes nessa fase! Vamos votar muito, hein? Essa estapa vai até setembro, então dá tempo suficiente de chamar pai, mãe, tio, amigas e todo mundo para votar também! sim???? x)

>> http://trofeuprime.canalprime.com.br/

diario-de-madame-4

Essa semana que passou teve também muita burocracia, e uma manhã inteirinha dentro do escritório resolvendo papelada…

diario-de-madame-5

…mas teve também muito crossfit e muita risada com os amigos; além de preciosos momentos em família, como essa foto aí embaixo demonstra: eu, dad e kathi. :)

diario-de-madame-6

E se no sábado ficamos de preguiça (aí em cima), no domingo, aproveitamos o dia de verão que fez por aqui, e fomos, em família, aproveitar a piscina. Foi massa :)

ah, para quem estiver na dúvida, em primeiro plano está minha irmã, ok? Eu sou a da direita, com viseira. hehehe

diario-de-madame-7

No domingo, à noite, fiquei em casa vendo Orange is The New Black. Demorei mas me rendi à série, e bem legal!! Tô adorando. Quer dizer, estamos, né? Porque Dan também viciou..hehehe

ótima forma de encerrar a semana, hein?

diario-de-madame-8

E agora deixa eu ir aproveitar meu último dia com 26 anos, que amanhã um novo ciclo se inicia! e eu vou gravar vlog, hein? uhu!

Categoria: Diário de Madame