post da Martinha Fonseca

Batom Líquido Matte da Vult, Cor 01

Novidade na necessárie: testei o Batom Liquido Matte da Vult

07 maio 15

Hello, madames!!

O assunto do post de hoje é recém-chegado aqui em casa. Mal comprei na loja, já comecei a usar, já me apaixonei, e já achei que era minha obrigação compartilhar com vocês: batom líquido matte da vult. Já usaram?

batom-liquido-matte-vult-cor-01-1

Eu já tinha recebido uns produtos da vult aqui em casa e confesso que a experiência não foi super positiva. Aí acabe ficando com um pé atrás com a marca, sabe? Via na loja, paquerava comprar alguma coisa (vai que eu descobria algum produto baratinho que valesse à pena, néam?), mas na hora de comprar mesmo eu acabava desistindo. Pelo menos até vir essa onda de batom líquido matte e eu ficar obcecada por isso. Acabei cedendo aos encantos da Vult, e uhu, ainda bem que fiz isso!

batom-liquido-matte-vult-cor-01-3

Na primeira impressão, achei que ele aplicado na boca fica bem diferente do que eu esperava ao ver o frasquinho –  acabou puxando mais para cor-de-rosa do que rosa seco; mas no final das contas, eu acabei gostando e até recebi vários elogios na rua, o que certamente conta para gente amar um produto, néam?

Como ele é líquido matte, eu segui o passo a passo cuidadoso de aplicação para produtos desse tipo: primeiro o lábio inferior, fazendo todo o acabamento, e só depois o lábio superior (na verdade, a ordem não importa; mas é importante pintar um lábio de cada vez para você conseguir dar o acabamento necessário antes de ele secar, ok?).

Ele demora um pouco para secar, e o que achei muito bom pois facilita qualquer correção. Dá para dar um toque na cor que escapou do lábio com o dedo mesmo. Aí na foto a cima, dá para ver  a diferença entre o acabamento logo após a aplicação, com o batom ainda meio brilhoso, e depois de uns minutinhos, com ele já seco.

batom-liquido-matte-vult-cor-01-4

Nesse momento, você deve estar se perguntando porquê eu incluí o Sissone aqui no post. Vamos lá, para eu explicar: na loja, eu fiquei com medo de comprar o Cor 01 da Vult, porque achei que ia ficar parecido com o Sissone, que eu já tinha e que, inclusive, já foi assunto de post aqui no AM. Mas aí, bastou aplicar para eu ver que um não tem nada a ver com o outro, né?

De todo modo, como ambas são marcas nacionais, achei que valia à pena comparar os dois: o batom líquido matte da vult, cor 01 e o Sissone, da Dailus, também líquido matte.

Na prática, o da Vult é mais cremoso na aplicação, demora mais para secar mas é mais fácil de corrigir também. Na boca ele dá menos sensação de secura do que o da Dailus. Por outro lado, embora a durabilidade do Cor 01 seja bem boa (durou bem com bebida, mas um pouco menos quando comi), o batom líquido da Dailus dura mais.

Ambos, até mesmo porque são claros, são fáceis de retocar na rua, por cima do “resto” de batom que já tem na boca sem precisar se preocupar com manchas e cor falhada.

Por fim – porque esse post já está enorme, néam?? – os dois ficam menos craquelados na boca do que as fotos dão a entender. Fiz os cliques e juro que me assustei. Corri para o espelho para ver se era isso mesmo. Bem, aparentemente sim. Mas ao vivo, me incomodei bem menos com esses “pedacinhos” da boca dividido.

Para quem gosta de saber, comprei o batom líquido matte da Vult na Bell Salvador do Shopping da Bahia. Custo em torno de R$16,00 e eu estou amando tanto que meu próximo passo agora é testar as cores mais escuras.

E vocês, já testaram? Gostaram? Não gostaram? Ou ainda vão testar o batom líquido matte da Vult? Me conta aí nos comentários, madame!

Categoria: Beleza