post da Martinha Fonseca

Diário de Madame: Itacaré

Um fim de semana no paraíso

08 dez 14

E eis que, aos 45 minutos no segundo tempo, eu chego aqui com o Diário de Madame – que hoje, na verdade, terá uma versão especial de fim de semana, com um diário de viagem! Variar um pouquinho de vez em quando pode, né? É que foi tão delícia esse feriadinho que passei em Itacaré, e vocês comentaram tanto nas fotos lá no instagram (segue aí, madame – @armariodemadame), que não resisti em trazer pro blog mais sobre o que fiz por lá, e compartilhar umas diquinhas também.

Eu já tinha ido há Itacaré, mas fazia muito tempo. Mas o casal que estava com a gente, Mila e Jon, eles vão todo ano – o que foi uma maravilha porque, além de sermos amigos e a viagem ter sido astral demais, eles já sabiam de tudo, como chegar, como ir para as praias, onde comer, etc. Foi top!

Abaixo, nesse post, compartilho essas dicas de como foi meu fim de semana em Itacaré. Espero que gostem! <3

I-1 I-2

Vamos começar pela hospedagem. Por indicação de Mila e Jon, fizemos a nossa reserva na Pousada Maresia. Ela é simples, “roots”, sabe, mas oferece tudo que você precisa para uma boa estadia em Itacaré: boa localização (ela fica na Rua Pituba, que é onde ficam os restaurantes e a movimentação à noite), quarto amplo e limpo, banheiro com água quente, e um café da manhã de comer rezando (engordei alguns quilos por conta do bolo de cenoura!). Além de tudo isso, claro, o preço é super bom: pagamos 360 pelas três diárias, de sexta a segunda, e realmente não tenho do que reclamar, e ficaria lá novamente sem dúvida. O atendimento da equipe da pousada também é ótimo, todo mundo super atencioso!
I-3

Para as programações diurnas, ir às praias que ficam ao redor do centro de Itacaré é mesmo a melhor opção. Começamos, no sábado de manhã, pela mais bonita de todas – e que é bom muito boa para o surf, o que agradou os meninos: Engenhoca (fotos acima). Você vai de carro até o acesso, e de lá segue andando em uma trilha de 20min e dificuldade bem moderada. A praia é pequena, tranquila, e uma delícia. É bom levar sombreiro, porque como em quase todas as praias de Itacaré, não tem barracas. No caso da Engenhoca, tem até uma barraquinha que vende água e tapioca, mas não custa nada você levar seus próprios lanchinhos.

I-4 I-5 I-6

No domingo, ligamos o botão “disposição”, e apesar do tempo super instável (choveu forte e fez sol na mesma facilidade!), encaramos a trilha de 45minutos até a Prainha (fotos acima). É ótima para o surf também (isso é quase uma regra em Itacaré, hehehe) e é uma experiência incrível. Não é nenhum bicho de sete cabeças, mas requer um certo nível de esforço chegar até a praia, não só pelo tempo na trilha, mas porque o calor dificulta , né? E existem também alguns momentos mais íngremes. No entanto, como eu disse, vale muito à pena e se você for respeitando o seu ritmo, dá para ir sem problemas.

Ah! Uma dica especial e super importante: no próprio estacionamento, você consegue contratar por R$ 20,00 por pessoa um guia para te levar pela trilha até a Prainha (ele te leva lá e fica esperando até a hora que você decide voltar e ele acompanha todo mundo de volta novamente). Vale à pena, é um dinheiro super bem gasto, porque mesmo quem está habituado a ir a Itacaré consegue se perder facilmente no caminho. A trilha é por mata fechada, tem uma cachoeira linda no caminho, um mirante incrível quase no final, e a praia é uma delícia. Boa de tomar banho, boa de relaxar, boa de fazer até um cooper na areia (conforme vocês vão ver no próximo tópico – “comida” – a consciência pesou e Mila e eu fizemos 30min de corridinha pela areia da praia enquanto os boys surfarvam).

I-7

Na sessão “comida”, vamos por parte porque comemos super bem em Itacaré e vale à pena compartilhar as dicas.

Acima, os crepes doces do Tio Gu, creperia localizada na Rua Pituba que, embora tenha uma variedade enorme de crepes salgados, foram os doces que deixaram a gente louco, a ponto de sair da dieta sem culpa, tanto na sexta como no sábado (hahaha somos gordinhos? sim ou sim?). Ainda bem que o restaurante fecha no domingo…minha dieta agradece!

I-8

Ou não, já que a refeição de despedida, no domingo à noite, foi esse hambúrguer delícia do “Bastante Elefante”. Me surpreendi com o restaurante, não botava fé que seria gostoso mas é incrível de bom. Ainda bem que demos chance ao elefante e fomos testar. Fica também na rua pituba, assim como todos os restaurantes da cidade.

I-9

Na hora do almoço a nossa parada foi, tanto no sábado como no domingo, a Casa de Taipa. É um restaurante à quilo muito gostosinho, light para quem quer e ‘normal”para quem quer. Comi peixe nos dois dias, estava incrí!!! O preço é bem bom, dava quase R$30,00 por pessoa com 1 bebida (no meu caso, água).

I-10

Seguindo a dica de algumas leitoras que se manifestaram lá pelo instagram, fui também na pizzaria Espaço Brasil – e ó, não me arrependi! Aproveitei para tomar uns #bonsdrink também que eu não sou de ferro!! De todo modo, a pizza, que foi o motivo principal da ida, era mara!! Todo mundo amou! <3 saímos de lá e fomos comer sobremesa na creperia Tio Gu, apenas porque ficamos obcecados por crepes doces de lá…mas acho que para quem quiser, vale comer a sobremesa por lá também. Deli! Deu uns R$70,00 por casal, contando que cada casal pediu uma pizza de 8 fatias e ainda bebemos um pouquinho (com moderação, hihih).

I-11

Por fim, a dica final é fazer um pitstop no fim de tarde ou no finzinho da noite na sorveteria Gula Gelato, que fica exatamente ao lado da Pousada. É uma delícia!!!! Amo sorvete! <3 <3

Bem, madames, é isso!! Esse foi meu fim de semana em Itacaré! Espero que aproveitem as dicas e curtam muito esse paraíso!! A Bahia é mesmo muito rica, né? <3 <3 <3 Há muito tempo não ia para Itacaré, fiquei feliz demais de ter ido, e com certeza irei mais vezes! Deeeeli!!!

I-12 I-13 I-14I-15 i-18 i-19 _20

 

ah, beijo especial no boy e no casal Mila e Jon, que foram companhias incríveis nesses dias. Saudades já! <3

i-17

Dias incríveis com companhias incríveis. Pode querer voltar?

 

Categoria: Diário de Madame, Viagem e Gastronomia
Comente pelo facebook
11 comentários
  1. Laíse Caldas

    Esqueci que hoje era dia de Diário!
    Madame, me conte duas coisas: 1. 360 por casal? 2. Vocês foram de carro? Foi tranquilo?
    Amei, quero ir em breve :)

    Beijos

    Responder
    • oi laíse!
      segunda com cara de feriado a gente se perde né??? hihih
      sobre suas dúvidas, sim, R$360,00 o casal.
      e fomos de carro, pegamos o ferry já que o feriado era local e a movimentação por lá não seria absurda. pegamos uma filazinha, mas nada demais. do ferry até itacaré, e também no caminho de volta, fizemos em 4h. :)

      Responder
  2. Rafa

    Martinhaa! Estou quase me debulhando em lágrimas de saudades de Iacaré.. :'( … Ver suas fotos, comentários, os lugares em que também estive fizeram eu coração apertar e estou quase cedendo aos pedidos do meu boy para voltar a Itacaré (será que ele tbm anda vendo AM?? rsrsrs).. Fui la no Carnaval desse ano e estou pensando em voltar agora no Revellion. Gostei muito de me hospedar na Praia da Concha (vc chegou a ir lá?!), pq como na Pituba tem bastante “agito” de noite preferimos um lugar mais sossegado, como na Concha, para descansar. Fizemos uma trilha tbm a de Jeribucaçu onde comi o melhor peixe com farofa de banana da minha vida, sensacional! E realmente chove e faz sol numa velocidade em que eu n consegui acompanhar tbm, mas TUDO valeu a pena!! Ai meu coração, Martinha!!! Amei o Diário!!! Itacaré, me espera que eu tô voltandooooo!!

    Responder
    • oi!!!
      óoooo, mas pense pelo lado positivo: é uma saudade boa!!! talvez valha à pena ceder ao pedido do boy, Itacaré é mesmo uma delícia! <3 fiquei me perguntando porquê demorei tanto para voltar lá, sabe? foi uma maravilha, para o corpo e a mente.
      sobre suas dicas, não cheguei a ir nem na praia da concha nem em jeribucaçu...foram só dois dias por lá, acaba que não dá tempo de conhecer tudo! itacaré tem muitas praias legais, muita coisa para conhecer...ficamos com vontade de ir para jeribucaçu, mas como disse, nåõ deu tempo!!
      tomara que eu volte lá em breve!!! e você também, né?? :)
      beijos!

      Responder
  3. Mila

    Tinha, que delicia de post, deu pra viver o Fds de novo! Foi maravilhosa nossa viagem, companhias perfeitas! Pode voltar ja? Kkkk! Beijos!

    Responder
    • deveria poder, né?? foi uma delícia!!! ri muito, comi muito, me diverti muito. tem como ser melhor?? não né?

      Responder
  4. Aiana Paranhos

    Martinha, diário de madame aos 45min do feriado e matando a saudade de Itacaré é golpe baixo, rs!
    Estive ai em outubro para o campeonato de surf #madameroots e amo esse lugar.. vê suas fotos é reviver a energia que esse paraíso me traz, se pudesse ia uma vez no mês, mas acabo só indo uma vez no ano kkk #madameestagiaria
    Enfim, amei o post e seus looks para não perder o enredo do blog kkk estavam lindos, printando telas sempre para um verão bem fashion! Boa semana Madame ;*

    Responder
    • oi aiana!!
      itacaré é unanimidade né? todo mundo que já foi ama!!
      mas não é nenhuma surpresa, o lugar é mesmo incrível, visual incrível, energia incrível. também quero voltar todo ano!! <3
      hehehe beijos!

      Responder
  5. belle

    Amei o post.
    Já conheço Itacaré mas o boy ainda não.
    Estamos indo dia 19.
    Aproveitei as dicas de gordices hehehe, porque já temos pousada.
    Adoro lá e tenho certeza que ele vai curtir tb.
    Martinha, vá conhecer Noronha :D (um sooooonho)

    Responder
  6. Milena

    Olá, Martinha!

    Fui em Itacaré duas curtas vezes e quero voltar!! Paisagens lindíssimas,né???? Além da Prainha, Itacarezinho e Jeribucaçu, conheci também a cachoeira do Tijuípe, que fica naquela região e é massa pra quem gosta de água! Ainda quero conhecer a Engenhoca e Havaizinho! Minha mãe que está indo hoje pra lá ( #invejinhabranca! Kkkkk!). Falei até da pousada que você ficou e ela disse que ligou e que o rapaz que atendeu foi super grosseiro… uma pena!
    Enfim… as fotos ficaram lindas!! Seu blog, como sempre, super tudo a ver com a gente! :)

    Bjão!!!

    Responder
    • aiiii, sua mãe foi pra lá agora e você teve que ficar? óoo!! entendo sua inveja branca! hehehehe
      lá é uma delícia mesmo, tinha um tempão que não ia, foi como descobrir um lugar novamente, sabe??? amei!
      e nem tô acreditando que o rapaz da pousada foi grosso com sua mãe! sério, a gente foi tão bem tratado!!!!! :(( que chato isso!!
      beijocas!

      Responder
Deixe um comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em Gravatar.com