post da Martinha Fonseca

Um novo armário para mim!

Quando roupas antigas ganham uma segunda chance!

16 out 14

Não, calma! Eu não estou falando de um novo blog, de um novo “Armário de Madame”. Fiquem tranquilas, estou amando as coisas do jeito que estão! heheheh O armário a que me refiro é o tradicional mesmo, esse que a gente tem no quarto. De tempos em tempos eu sempre dou uma vasculhada nas coisas que tenho, tiro o que não uso mais (ou o que nunca usei, né? kuen!) para doação, re-organizo a ordem das coisas só para o olho desacostumar de ver tudo no mesmo lugar e acabar só olhando as mesmas coisas, e por fim, separo as peças que estão precisando de ajustes, seja pelo meu corpitcho mais magro (uhu!!!), seja porque o zíper quebrou, a costura rasgou, a barra está grande e por aí vai…

Só que nessa história de colocar roupa na sacola para ajustar e “esperar juntar”, eu juntei um monte de coisa e aí comecei a pensar: “deixa para o mês que vem, tô sem dinheiro agora”. E aí já viu, né, meses e meses daquela sacola olhando para mim, ali, do canto do quarto. Até semana passada quando eu resolvi dar um basta, segurar a compra de novas peças e dar um jeito nas antigas primeiro. Quer dizer, ex antigas, porque agora que está tudo arrumadinho, no lugar e costurado, parece que eu ganhei um armário novo. uhu!

REFORMA

Achei que seria importante ou bacana, pelo menos, compartilhar esse assunto com vocês. A gente perde tanta oportunidade de usar roupas legais com as quais a gente já gastou dinheiro, né? E por pura preguiça elas ficam largadas no canto…estava me sentindo mal com essa situação, e mesmo que depois de uma enrolação báaaaasica, fico feliz que tenha consertado essas peças.

Aí em cima, uma rasteirinha velha que não queria deixar de usar mas que as pedras tinham se soltado, a sandália de salto baixo que também tinha soltado as pérolas (por sorte eu vi na hora, e consegui guardar!) e que a palmilha escorregou para frente, sabe?? Aconteceu a mesma coisa com essa outra sandália nude, que era nova até. Mas aí já dei um jeito logo nas duas!

No quesito roupas, essa blusa nude linda e super feminina que eu só usei uma vez – quando me dei conta de que a alça era grande demais e o decote ficou ultra-mega-super profundo!; o blazer que eu amo e que usei em tantos looks por aqui (quem lembra?), mas que tinha rasgado atrás e, por fim, a calça branca de chamois que tinha a maior barra do universo e que me obrigava a usar sempre saltos enormes!! Ela também estava bem folgadinha depois que levei a sério o #saúdedemadame, e até para evitar que eu saia da linha agora e mantenha o foco de fazer mais uns ajustes no corpitcho, resolvi ajustar na cintura também.

Minha sacolinha de “roupas para consertar” continua me olhando, ali do canto do quarto. Mas agora ela está menos cheia, pelo menos, e eu renovada com “tanta roupa” nova. Ganhei um armário novo, tem coisa mais gostada que isso???

Anima aí também, madame! Aposto que tem sacolinha “roupas para consertar” no seu quarto também, gritando por um pouquinho de atenção!!

>>> não é jabá, mas para quem quiser indicação: eu fiz a reforma das minhas peças com Thaís, da “Serviços do Futuro” que fica no Lucaia (depois da Embasa, entre à direita).

 ps: me empolguei tanto com as roupas novas, que esqueci de colocar mais uma aí na foto! Uma saia lápis de oncinha que tanto amo, também tinha tido problemas com o zíper e estava escoltada há um tempo! Reformei também, uhu!

Categoria: Moda