post da Martinha Fonseca

Basiquinho de Verão

O simples também pode ser charmoso

30 set 14

Hello, madames!!

Segundo post do dia entrando no ar (aliás, vocês percebem que com frequência isso tem acontecido? gostam assim? me contem tudo!), e como nem só de looks fitness viveu minha ida à Morro de São Paulo na semana passada, cá estou eu para compartilhar com vocês esse basiquinho de verão. Porque tem dias que só o look charmosinho-fácil faz sentido né?

Esse foi o look que usei na ida até Morro – cliquei assim que cheguei na ilha e por isso mesmo aparecerem os amassadinhos na blusa. Como não me garanto indo de carro pela estrada até Valença- até porque é mais longo o percurso né? – optei pela ida de Lancha. São vários horários de saída de Salvador por dia, é super prático! Peguei o último horário da manhã, às 10h30. Estava morrendo de medo de enjoar no percurso porque dizem que isso é super frente! Graças a Deus, no entanto, deu tudo certo e cheguei sã e salva! uhu!

morro-1morro-2 morro-3 morro-4 morro-6 mesckla-7

Blusa – Le Lis Blanc | Short – Espaço Fashion | Cinto – Corello | Bolsa – Kate Spade | Rasteira – Arezzo | Óculos – Rosa Chá

fotos: Marianna Calmo (@mariannacalmon)

E para fechar o post com chave de ouro, uma vista de tirar o fôlego! Ficamos hospedadas logo na entrada da vila, na Pousada Passárgada. Como era importante para gente estar perto da praia mas também perto da vila por conta das fotos para a Fit4Me, optamos por essa localização. É possível que existam outras pousadas ainda mais charmosas, que você praticamente fique com o pé na areia, mas amei a Passárgada e super recomendo. A piscina é uma delícia, a vista é incrível e o atendimento é bom também! :) #ficadica

morro-5

Categoria: Moda, Viagem e Gastronomia
post da Martinha Fonseca

Dica de Madame: músicas para superar o fim do namoro

Nem tudo está perdido, madame!

30 set 14

O fato é: não está fácil para ninguém, e se tem uma dor que doe (hahaha, sorry mas no amor o exagero tem licença poética) é essa de amor. O mundo parece que vai acabar, tudo perde sentido, o chão some, a alegria vai embora, as lágrimas e o drama ficam…e minhanossasenhora, chega o Natal, a Páscoa, o São João e o Natal novamente (!), mas não chega o fim de dessa fossa!! Por isso, e porque eu também já tive meus momentos “corta-pulso” e sei que tudo isso passa, aqui estou eu para ajudar vocês. Segura na minha mão e vem, madame, que nem tudo está perdido. Como dizia minha sábia mamãe, “você não nasceu amando, não vai morrer amando”. Certo?

Então vamos lá, por partes! Porque a verdade é que a fossa não passa de uma hora para outra, e por isso dividi toda essa árdua estrada da recuperação em momentos distintos, assim a gente vai ganhando uma etapa por vez rumo a felicidade (hahaha #AutoAjudaDeMadame). Let’s?

Momento 1: “Estado de Negação”. Ou seja, você ainda está namorando, mas a coisa vai de mal a pior, seja pelas grosserias dele, seja porque a sintonia não existe mais e você até gostaria de continuar junto ou de acreditar que tudo ainda pode melhorar…mas sabe que isso não passa de pura enrolação e auto-engano. Está nessa situação? Então, aperta o play!

Momento 2: é, não tem jeito. Esse namoro vai ter que acabar. Se enganar é prolongar sofrimento e continuar do jeito que está é muita falta de amor próprio. Então vamos lá, coloque tudo na balança,  veja que houve momentos bons, mas não se apague a eles, até porque os momentos ruins foram mais numerosos e mais dolorosos. Então, aceita que chegou ao fim, que nem tudo é para sempre, e termina essa namoro, madame. Sim, pare de dizer coisas para que ele termine, porque homem nunca termina. A vida é sua, quem tem que tomar as decisões é você. Díficil? Com certeza! Até porque essa é a hora que você vai chorar mais que um bezerro desmamado. Mas vai lá, e enfrenta isso!

Momento 3: A Raiva. Sim, dá raiva. Você amou o sujeito, se dedicou, abriu mão de várias coisas, fingiu que não viu o óbvio, renovou suas crenças no ser humano e no final o namoro terminou do mesmo jeito. É bem verdade que terminar não quer dizer que não valeu à pena, mas a verdade é que ainda está cedo para pensar assim. No momento da raiva, a maturidade vai embora, FATO. E quer saber, não tem problema nenhum nisso! É só ouvir as músicas certas, jogar essa raiva para fora, que já já o sossego e a felicidade vêm.


Momento 4: essa é a hora que as amigas são extremamente importantes. Porque depois da coragem, da raiva e de toda adrenalina de “eu fiz a coisa certa, uhu!”, a probabilidade de você entrar no momento oposto e pensar “meodeos, que besteira foi essa que eu fiz?!!?! tô com saudade, quero voltar!” é grande, é enorme! E aí, querida madame, suas amigas serão ainda mais necessárias e vitais à sua sobrevivência. São elas que vão lembrar, mesmo contra sua vontade, que sentir saudade não é a melhor das opções. Ligar para ele e contar isso, então….muito menos! E aí quando você vier com aquele discurso de “ah, eu queria não amar ele”, “queria não pensar nele mas não consigo”, bem, elas farão você conseguir. Aperta o play!

Momento 4: “Fênix”. A-há, eis uma hora importante, eis um momento que deve ser curtido. Você sobreviveu, e depois de tanto sofrimento, não é que você percebeu que existe vida após o ex? Aleluia, madame!! Essa é a hora que você está linda, focada na dieta e na academia como nunca esteve antes, novos paqueras apareceram na área (você nem quer namorar de novo por agora, mas só de ter alguém te lembrando que você é linda é bem bom, né?), seu fim de semana bomba de tanta resenha e seu whatsapp não pára. Certamente você não está 100% feliz, mas está certa de que é apenas uma questão de tempo para a ferida fechar de vez. Então, aproveite! :)

Momento 5: O retorno. Sim, porque basta você dar alguns sinais de felicidade que o infeliz sente o cheiro, e depois de anos te ignorando (inclusive aqueles que você estava do lado dele, lutando pelo namoro sozinha…), ele resolve aparecer, dizer que você é a mulher da vida dele e até o papo “casamento” rola. E aí é fácil cair nessa armadilha, a vaidade de finalmente ver ele correndo atrás é grande, mas seja firme. Normalmente essa é apenas uma reação desesperada de alguém que foi deixado para trás. Então, se permita se deliciar um pouco com esse momento (hahaha :P), mas não se perca muito nisso, tá? Quem perde muito tempo para ficar mostrando isso ou aquilo ao outro normalmente perde tempo de se mostrar verdadeiramente a si mesma. Fica dica, ok? Curta a fase, mas só um pouquinho.

ps: desculpa aê, madames; mas tem hora que só uma música mais “baixaria” resolve. Mas se você não curte, nem tudo está perdido. As duas músicas abaixo são para você! :)

Momento 6: Linha de chegada, você sobreviveu e venceu a fossa! Uhu!! Parabéns, madame!! A essa altura você deve estar se sentindo linda por conta própria, sem precisar que seu ex rasteje por você ou que novos paqueras te digam isso; você vai à academia porque quer se cuidar, você ouve músicas triste e nem liga, ouve músicas felizes e te faz bem. O passado virou passado, sem rancor, sem ódio. Você fica bem em casa numa sexta-feira à noite, da mesma forma que se sente bem saindo num sábado seja para jantar seja para uma balada. Você está solteira, e está feliz! Top, hein?

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Black & Gold

Look by Maddá para glamorizer nossa segunda-feira!

29 set 14

Olha eu, toda adiantadinha, rapaz… estamos em plena segunda-feira e o look de hoje no maior estilo, trabalhado no glamour dos pés à cabeça. Mas ó, quem liga?? Quem disse que segunda-feira também não pode ter glamour, néam??  Vamos jogar as regras para o alto, as proibições pro lado e vamos abrir espaço no armário para um das combinações mais poderosas do mundo fashion: black and gold é top, mesmo para uma segunda-feira! <3

madda-p1 madda-p2madda-p3 madda-p4 madda-p5 madda-p6 madda-p7 madda-p8 madda-p9 madda-p10

Macacaquinho – Maddá (@maddasalvador) | Shoes – Vila 5 | Bolsa – Osklen | Colar (coração) – Tiffany’s | Colar pérolas – vintage
Fotos: Marianna Calmon (@mariannacalmon)

 

O macaquinho é uma das peças mais em evidência nesse verão 2015 – repararam como ele está em todo lugar? O bacana é que tem motivos para todo esse burburinho em torno da peça: ele é versátil, curinga, fácil de usar e ao mesmo tempo eleva o look à categoria “estilosa”  de forma express! É só pegar uma peça que seja linda e te vista bem – e esse macaquinho da Maddá cumpre exatamente esses requisitos, afinal o babadinho da barra, o detalhe nas costas e o traspassado na frente são incríveis juntos! <3 –  e acrescentar alguns acessórios delicados, e voilá, look pronto! :)

No caso do look de hoje, para abrilhantar o macaquinho da Maddá do jeito que ele merecia, usei em especial duas peças que carregam consigo um valor sentimento enorme: a bolsa da Osklen de franjas douradas que é linda e foi presente do boy (acertou em cheio! amo demais! <3) e o colar de pérola que gosto de usar por dentro do decote, que era de minha mãe e eu morro de amores. Uso com tanto carinho….ai ai ai <3

Beijos, madames! boa segunda-feira! :*

 

Categoria: Moda