post da Martinha Fonseca

Diário de Madame!

Fim de semana de muito amor <3

07 jul 14

(eu tinha feito um “Diário de Madame” completamente do que esse post que vai ao ar. Tinha contado tudo da minha última ida à Fonte nova, tinha compartilhado meus looks do dia, minha preparação para tirar uma semaninha de férias a partir de quarta…mas tive que rescrever tudo. Não resisti a celebrar e compartilhar com vocês a felicidade de ter comemorado os 90 anos de minha avó essa semana…espero que não se importem).

Minha família não é das maiores: sou chegada mais ao lado materno e por lá, originalmente, são apenas 4 filhos (minha mãe, minha tia que é quase minha segunda mãe, e mais dois tios). Desses filhos virem 7 netos, e mais tarde, os bisnetos que por enquanto são só 2. Eu sei que existem famílias muito maiores que essa mas ó, mesmo em um número não muito grande, a gente sabe fazer uma boa folia juntos.

Quando eu era pequena, passava o mês de janeiro inteirinho numa praia no sul do estado, chamada Cumuruxatiba. Boa parte da família ia para lá e eram 30 dias de pura alegria: biquini o dia inteiro, praia, areia, pastel de queijo e vôlei com novos amigos. Uma contagem regressiva para ir e um sofrimento na hora de voltar. Parecia que até janeiro chegar novamente seria uma eternidade…Mas aí a gente foi crescendo, não tinha mais férias no mês de janeiro (ô vida dura essa de ser adulto, né?), minha mãe faleceu, a viagem até lá ficou muito longa para meus avôs (eram 9h de carro ou 12 de ônibus…), e a gente nunca mais teve esse momento juntos, assim, todo mundo na mesma casa.

Daí que essa semana minha avó completou 90 anos e resolveu que queria um fim de semana em família como presente. E ninguém é doido de não obedecer uma ordem da véia, né? Então lá fomos nós para Interlagos, todos juntinhos, passar a sexta, o sábado e o domingo debaixo do mesmo teto. E meu deus, como pude viver tanto tempo sem isso??!!! Minha vó todo domingo faz feijoada na casa dela – mas não é a mesma coisa do que passar uns dias juntinhos. Até porque hoje em dia tem prima casada que tem que se dividir em dar assistência à família do marido, outros 2 primos que moram fora, um bisneto de pais separados…coisa da vida, sabe? Mas que dificulta de reunir todo mundo junto…aí acaba que já não é a mesma coisa de quando passávamos as férias juntos.

Mas aí teve esse fim de semana e a gente pode lembrar como somos ótimos juntos. Foram só 3 dias (e três dias parecem tão curtos para quem passava 30 dias juntos…), mas a alegria ultrapassa qualquer medida: teve jogatina o dia inteiro (jogar “buraco” é tradição, e dessa vez o baralho era do “Bahia”, o que tornou tudo ainda mais sensacional! hahahaha #BBMP), muita risada, muita conversa sentimental, muita comida e muito, muuuuito bullying familiar que os Grimaldi da Fonseca não deixam nada passar, e pirraçar os outros é nossa maior demonstração de carinho. :)

Foi mesmo uma delícia. Meus avós maternos são muito importantes para mim (acaba que a gente sempre é mais chegada ou na família do pai ou na família da mãe, né?), e é uma delícia vê-los juntos: ela com 90 anos e ele com 92, quase 93. As birutices já estão acontecendo, mas confesso que para o tanto de tempo que eles já viveram (nasceram em 1921 e 1924…já pensou???) eu até que acho que eles estão bem demais, lúcidos o suficiente para ver a família incrível que eles construíram. Minha garganta dá um nó enorme, meus olhos enchem de lágrimas quando eu me dou conta que um dia, se Deus quiser, eu posso ter essa mesma sensação de felicidade, de que a vida vale à pena, e ter uma família inteirinha para chamar de minha.

Eles são exemplo para mim: ela é pirracenta que só ela, mas uma pessoa se doa ao próximo de um jeito que nunca vi em mais ninguém; não existe ninguém que goste mais de ajudar o outro e ver o outro feliz do que ela. Uma verdadeira matriarca, que protege e dá carinho quando tem que dar, e que dá bronca quando acha que merece também. Morei um tempo com minha vó e morria de rir com ela me acordando as 6h da manhã de um sábado para me dizer que ela estava acordada porque “velho não dorme, você sabe, né fia?“, mas que eu não precisava acordar, não. hahahaha posso com isso?

Do outro lado, está meu avô, resmungão e metido a durão (como neta eu tive a benção de já ter nascido quando a vida já havia amolecido ele…hihih), mas ao mesmo tempo um doce, muito carinhoso e o marido mais apaixonado que já vi. Eles brigam o dia inteiro um com outro, mas na hora de ir comprar mão no mercadinho do bairro, sobem a ladeira de mãos dadas até o final. Vão e voltam assim, tem coisa mais linda? Esse fim de semana ele vai dormir mais cedo que minha vó, e no meio da noite, lá para umas 23h30, ele acorda para ver onde ela está, dizendo que só voltaria a deitar quando ela fosse junto. nhommm! <3

Ela, claro, resmunga e diz que não gosta desse grude, mas sempre cede e vai dormir junto. Eles são ou não são fofos, madames?

Não resisti em compartilhar esse momento com vocês, espero que não se importem. Abaixo, um clique do casal mais fofo do meu mundo <3

d8

Vovis, feliz 90 anos! Como você diz, não dá para desejar mais 90 anos que isso seria uma tortura, mas que Deus ainda nos dê a benção de você completar mais alguns aninhos com a gente, tá? :*

Categoria: Diário de Madame
Comente pelo facebook
11 comentários
  1. Aline Amaral

    Ei Martinha!!! Ai que coisa linda… Adorei o diário de hoje, muito amor e fofura! Ainda mais porque eu adoro casal de senhorezinhos sabe… acho lindo quando até essa idade existe esse amor bonito.
    E eles são super conservados hein, nem parece que eles tem 90 anos pra lá! Curta muito os dois!!!
    Eu só tenho uma avó, meus avós paternos já faleceram e meu vô também já se foi.
    Voltando ao diário, pior que fiquei curiosa com o outro post que ia entrar! hahahaha podia contar pra gente né?! prometo comentar!!! rsrsrsrs
    Beijinhos!

    Responder
  2. Laura

    Marthinha! Que coisa mais linda esse post. Eles com certeza merecem essa homenagem! Lindo esse amor da tua família.
    Beijo

    Responder
  3. Own…que coisa mais linda Martinha! Post lindo! Claro que não nos importamos..Muito linda e justa a sua homenagem! parabéns pra sua avó e que eles possam viver ainda muitos anos pra alegrar a todos!!!!

    Responder
  4. FLÁVIA TELLES

    Martinha, você conseguiu deixar meus olhos marejados com esse post.
    A família é o bem mais precioso que podemos ter. Nenhuma família é perfeita, mas devemos amá-la do jeitinho que ela é, pois é a que temos e é a que Deus reservou pra gente. :)
    Com relação aos seus avós, posso falar? rs.
    Eles formam um casal tão fofo! Essa foto deles transmite tanta emoção, tanto amor, tanta cumplicidade, tantos sentimentos reunidos em anos de convivência.
    Meus parabéns a sua avó pelos 90 anos e a eles por estarem juntinhos até hj.
    O amor puro e verdadeiro resiste anos, décadas.
    Parabéns pela família e pelo post lindo!
    Beijo enorme

    Responder
  5. Ticiana Araujo

    Coisa mais linda! <3 <3 <3
    Não me importei nem um pouco de você ter trocado de assunto do post (mas fiquei a Aline… curiooooooosa rs)
    Acho lindo, sabe? Um amor assim, de uma vida, na qual, a essa altura eles olhem e como você mesma disse… vejam que família linda têm! Aff, sou uma pessoa muito família, sabe, mas infelizmente nasci numa família totalmente desunida e essa é a maior tristeza da minha vida!
    Mas vamos falar de coisas boas.. seu fds deve ter sido delícia, e por isso, senti falta de mais fotos da família, da feijoada e da jogatina rs

    Beijos, Madame! Post lindo, igual à sua família!

    Responder
  6. Leidi

    Martinha, que linda história…
    Sou de SC, acompanho seu blog não tem mto tempo, mas amoooo seus posts, looks e tal… aliás, preciso lhe dizer que morro de inveja (inveja branca que fique bem claro… heheh) deste clima de verão aí da Bahia…
    Mas enfim, adorei teu post hoje falando de família, de amor e de tantas coisas maravilhosas que essas pessoas nos rementem…. me fez viajar no tempo e sentir saudades quase ao ponto de chorar!!!
    Parabéns!!!

    Responder
  7. Flavia

    Que post lindo! Tomara que Deus me dê essa benção de encontrar e viver com o amor da vida por tanto tempo, podendo construir uma família. E que Deus te dê essa benção também, Martinha!

    bjo

    Responder
  8. Luiza

    Posso falar? Chorei!

    Responder
  9. Danielle

    Simplesmente lindo e emocionante, amei!!!!

    Responder
  10. Dami

    Lindo post Martinha! Nenhum dos meus avôs tiveram uma história de amor assim tão bonita, mas eu acho lindo quem envelhece junto com tanto carinho e espero que a minha história seja diferente da deles. Mas como tudo tem sua parte boa, eles me deram uma família que amo e adoramos estar juntos!
    Bjos!

    Responder
  11. Milla (Camila)

    Martinha, confesso que fiquei mt emocionada com esse post. Pq bem sei a importância que nossos avós tem em nossas vidas. A fofura deles não tem igual, e as “encrencas” que a vó arruma com o vô é coisa de toda vovó viu…rsrsrrs, pq a minha era a mesma coisa. Confesso que esse post me tocou e me deu uma nostalgia imensa dos domingos que passei com minha “duplinha”…domingos de feijoada e mtas risadas…mas, infelizmente, no início deste ano meu vô deixou minha vozinha. (Ele travou uma luta contra um câncer, e em 04/01/14 ele se foi) :-( E nossos domingos nunca mais foram os mesmos, embora nos esforcemos mt para minimizar a dor dela sabemos que a presença dele em sua vida é insubistituivel, eles eram super parceiros. Afinal foram mais de 50 anos de casados…Bom, vou parar por aqui, pq estou no trabalho e uma lágrima ousada tenta rolar no meu rosto. Obrigada Martinha, pela oportunidade de poder usar seu espaço para contar um pouco da minha história com meus avós materno…Desejo mais mts anos de vida com mta saúde para seus avó, e que eles continuem essa fofura q aparenta ser pela foto. E uma SUPER DICA de leitora madame: APROVEITE-O bastante e dê mt amor, essas figuras são ternura pura em nossas vidas e é um amor sem igual.
    Bjs, que o Senhor Jesus abençoe sua família com toda sorte de benção!

    Responder
Deixe um comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em Gravatar.com