post da Martinha Fonseca

Produto de Madame: Dream Liquid Mousse, Maybelline

22 maio 14

Pelo burburinho que essa base causou lá no instagram (postei uma foto com comprinhas de farmácia, entre as quais estava essa base, você viram?), eu estava mesmo atrasada nessa resenha! Mas é que via há um tempo essa base nas farmácias, mas o preço nunca era muito convidativo – eu tenho uma base que amo da Maybelline, a FitMe, que custa, seilá, 12 dólares talvez, lá nos EUA; e essa Dream Liquid Mousse custa em torno de 50 reais?!! “Ah, não, hoje não“, pensava toda vez que a via na estante. Quer dizer, toda vez até ir numa farmácia para comprar pasta de dente e voltar cheia de coisa bem mulherzinha, num surto farmacêutico tão típico meu.

Mas, bem, vamos parar de jogar papo fora, e vamos ao que interessa: a base.

Ela está disponível aqui no Brasil em 5 tons diferentes (parece que nos EUA a variedade é maior..) e a minha, como dá para ver na foto é a Beige Medium 2.5. O valor não me lembro exatamente, mas como falei, é em torno de 50 reais (comprei na Drogasil do Horto Florestal).

Eu sou apaixonada por bases líquidas, acho que o acabamento é sempre mais bonito. A “DLM” é líquida, mas com uma consistência firme, mais parecida com um mousse mesmo, e isso é bom. Ela rende bem, não é preciso apertar muitas vezes o “pump” para conseguir produto suficiente para cobrir o rosto (apertei 3 vezes só) e a durabilidade ao longo do dia é bem padrão, para uma saída de 4h ou 5h eu acho que ela sustenta direitinho, sem precisar reaplicar.  Mas se for passar um dia inteirinho fora de casa, aí eu acho que é necessário levar um pó na bolsa para retocar (ou a própria base, se você for make freak). Por isso mesmo, até, tenho preferido usar a base apenas a noite, quando as saídas são mais curtas e eu volto para cara antes de a pele estar brilhando, e sem maquiagem. Custa nada, né? heheheh

Se for para apontar algum aspecto negativo eu destacaria a textura. Quem tem pele muito oleosa suspeito que não irá gostar dessa base. Achei que ela é fácil de aplicar, mas demora uns minutinhos para você esquecer que aplicou, sabe? O produto fica ali na pele, sem ser absorvido por um tempo. Me deu até uma certa agonia isso…aí, quando estou fazer maquiagem, sempre preciso passar umas pinceladas de pó translúcido por cima para sentir a pele mais sequinha e poder continuar com os próximos passos (acertar a sobrancelha, sombra, blush, etc). Esse aspecto eu realmente não gostei. Até porque meu olho é gordinho, então sempre acumula base na dobrinha.

Assim: não é nenhum caso de vida ou morte, eu continuo usando a base feliz, até porque depois de um tempo o produto é absorvido e a durabilidade é boa; mas não sei se compraria de novo, sabe? 4 pontos na Escala Madame de Qualidade, que vai de 0 a 5.

E vocês? O que acharam do acabamento? Já usaram? Solta a voz aí, madame, e me conte tudo! hihih

 

 

Categoria: Sem categoria