post da Martinha Fonseca

Look do dia!

25 set 13

Madames!

Tenho que começar falando um pouquinho sobre o post de ontem!! Adoro quando você se identificam, comentam, se interessam, sabe? Feliz demais! <3 <3 <3 vou responder os comentários ainda, tá? Por enquanto atualizo o blog com um post novo…pode ser também, néaaaam?

Look do dia para alegrar a quarta-feira!

Esse look eu usei ontem de tarde/noite para a “Batalha do Bem do Apipema Day”. Divulguei a ação lá pelo instagram (aliás, vocês conseguem saber das coisas do blog se esse tipo de convite eu divulgar apenas por lá e pelo facebook?) e foi bem bacana. Poder mobilizar algumas das bloggers da cidade – além de mim, estavam Marcelinha Brandalize, Carol Lisbôa e as irmãs do Como Sou Brega, Lulu e Alice – para arrecadar alimentos e poder ajudar instituições que desenvolvem trabalhos sociais na cidade. Foi divertido!

Blusa – Toli
Calça – Skazi para Mesckla
Colete – Forever 21
Sandália – Santa Lolla
Bolsa – Schutz
Anéis – Mais Bonita

Eu adorei esse look! Como o evento começava a tarde, achei que valia uma combinação mais descontraída e fresquinha. A calça, confesso, é um caso de amor e ódio, porque acho linda e veste super bem, mas, ao mesmo tempo, acho difícil de combinar, mesmo ela tendo cores tão básicas como preto, branco e vermelho. Engraçado que às vezes a gente empaca com umas peças, né?

Como vocês é assim??

Minha solução é ir sempre tentando, tentando até conseguir, principalmente no sentido de sair das combinações básicas. Um dia chego lá! hhihih

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Os números de um bom armário

24 set 13

A gente cresce vendo filmes de mulherzinhas e, no geral, depois de tanto ver cenas de mulheres lindas, poderosas e felizes fazendo compras impulsivas a gente passa a achar isso normal.Mas a moda é mais racional e mais objetiva do que a gente se acostumou a achar, sabia? 

Não é preciso ir muito longe e procurar referências de compras mal feitas na vida de outras pessoas. Muito provavelmente na nossa própria vida já nos arrependemos de alguma compra: ou compramos uma calça com numeração menor na confiança de que a dieta iria funcionar, ou compramos um vestido lindo mas que só sabemos usar com o mesmo sapato e bolsa, ou ainda mais frustrante: compramos uma saia linda – e super cara – e na hora de vestir a gente se pergunta: meooodeooos, como é que eu uso isso??. A moda não poderia ser mais o oposto disso aí. Moda é uma ferramenta de expressão pessoal, é mais para ajudar e trazer auto confiança do que para atrapalhar e trazer estresse (ou falência, em casos mais extremos).

Bem.

Vocês sabem que além do trabalho como blogueira aqui no AM, eu sou formada e ofereço o serviço de consultoria de moda. E nessas minhas andanças pelos armários de madames por aí, o que mais tenho visto é roupa em excesso, espaço físico em falta (quem dera ter o closet igual ao das celebridades, né? que ocupam o espaço de um quarto!) e dúvidas e frustrações em alta. É difícil saber o que usar quando não se vê o que se tem, quando o espaço entre os cabides é tão apertado que você nem consegue tirar uma blusa lá de dentro sem ter outras tantas peças caindo também. E vamos combinar? Isso é uma chatice!

{foto de parte do meu armário arrumadinho, que compartilhei no instagram – @armariodemadame; cabides de veludo para otimizar o espaço e evitar roupas escorregando e peças divididas por estilo: manga, sem manga, casacos/jaquetas, blusas mais curtas, blusas mais longas. Esse é um jeito meu, tá? Não me adapto bem à arrumação por cor, mas isso é uma decisão super pessoal} 

Quando fui a São Paulo para uma visita guiada ao Outlet Premium de Itupeva, a consultora de imagem e estilo, Alba Prizão, resumiu de uma forma muito prática e fácil de memorizar – e melhor ainda, de colocar em prática – os “números de um bom armário”. É algo que eu já colocava em prática nas minhas consultorias e também nos emails que respondo de vocês, leitoras, e que vale à pena compartilhar no formato que Alba formulou. Então, madames, atenção!

Guardem esses números: 1×1, 1×3, 1×5.
Sabem para onde eles vão te levar??

{cliques com clientes-madames da “Revitalização do Guardarroupa” – para mais informações sobre como funciona esse serviço, leia esse post aqui}

Para uma boa relação com o seu armário. Vamos entender porquê!

1 x 1 – porque para cada peça nova que entra no seu armário, é bacana que você procure uma antiga, que você não usa mais, para sair. Isso faz com que você não sobrecarregue o seu armário e não perca tempo vendo o que você não usa. Seu olho ver apenas o que você tem à sua disposição de verdade para usar. Porque de nada adianta ter uma saia que não veste bem, um short com o zíper quebrado, uma blusa que está há meses no armário e que até hoje está com a etiqueta. Néam??

1 x 3 – porque cada uma das suas peças tem que formar pelo menos três combinações de looks diferentes. Lembra que já falei disso aqui no blog? A saia estampada floral de cintura alta, por exemplo, fica bem com uma tshirt, com uma blusa jeans e com uma blusa de listras. E a partir daí a gente sabe que a compra valeu à pena. Se tiver mais combinações que isso para fazer, melhor ainda! <3

{fiz cliques rápidos com as roupas que tenho no meu armário para explicar para vocês, na prática, a proporção 1×3}

1 x 5 – porque para cada parte de baixo você deve ter 5 outras peças “de cima”, em termos de quantidade, entende? Se você tem 25 blusas no seu armário, o ideal é que você tenha 5 partes de baixo entre shorts, calças e saias. Essa, talvez, seja a dica que a gente menos coloque em prática – o que, na verdade, é uma pena, não é? Como a gente dá sempre mais atenção ao rosto (é para ele que a gente olha quando fala e se relaciona com as pessoas no nosso dia a dia) é interessante investir em uma variedade maior de peças para a parte de cima. Assim, mesmo sem ter um armário abarrotado de roupas (e abarrotado desnecessariamente, vale dizer), a gente consegue evitar que as pessoas nos olhem e tenham a impressão de que nos vêem sempre com a mesma roupa – tem coisa melhor que isso?

—-

Bem, madames, é isso. Post longuinho, mas cheio de informações bacanas. Eu sei que a vida é corrida mas não existe tempo melhor do que o investido em nós mesmas, na nossa auto estima e bem estar. Então se organiza direitinho e tira um tempo para você organizar seu armário no fim de semana. Chama uma amiga – faz um dia na sua casa e em outra oportunidade você ajuda a organizar o armário dela. Incorpore essas proporções – 1×1, 1×3, 1×5 – no seu dia a dia e veja como é bom ter um armário que é ideal para você, para o seu estilo, para a sua vida. ;)

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Como usar: macacão, macaquinho, jardineira

23 set 13

Madames, olha eu de volta aqui! Sentiram minha falta nos últimos dias??? Diz que sim, diz que sim! <3 <3

Fui para São Paulo na quinta-feira conferir o show de John Mayer (2h40 de pura emoção!)  e aproveitei uns diazinhos na cidade para descansar. Como blogueira não tem férias, nem 13 salário e nenhum benefício da CLT (nem tudo é perfeito nessa vida, néam??), são esses pequenos dias que tento tirar para ficar um pouco off, descansar a cabeça e retomar as energias para seguir atualizando o Armário de Madame com assuntos bacaninhas. 

E agora que já estou com as baterias recarregadas, vamos retomar as atividades por aqui???

Reparei que tinha um tempo que não falava de tendência por aqui,  no estilo “como usar”, sabe? E como acompanhar as novidades de uma forma real e como tornar a moda algo palpável é o lema principal aqui do AM, resolvi retomar os posts nesse estilo.
Vocês curtem, né?

Repararam que os macacões/macaquinhos/jardineiras estão aparecendo nos looks e araras de lojas por aí? Não lembro de nenhum “anúncio” bombástico da sua volta como tendência da vez (me refiro a algo como o que aconteceu a com a estampa de azulejo português, propagada até dizer chega por aí), mas que o modelo está com tudo, ah, está sim!

E quando a gente se depara com uma nova tendência a pergunta que não quer calar é: “e aí, como eu uso?”. Principalmente quando a tendência da vez é uma releitura de algo que já teve seu auge anos antes (atire a primeira pedra que não usou um modelo parecido nos anos 90..), a dúvida passa muito pela vontade de estar atual com o look e não parecer um visual retirado dos álbuns de fotografia.
É ou não é?

Então vem comigo que esse post está recehado de dicas TOP!

No mundo dos macacões, os modelos em jeans estão com força total. Nas duas primeiras montagens separei 3 inspirações de cada estilo (macaquinho e depois macacão) com as respectivas dicas de como atualizar o visú. Amo especialmente os modelos curtinhos – a cara do verão não é? – equilibrados na informalidade com o blusa social por dentro. Juro, amei de verdade!

Para meninas com quadris maiorzinhos (faço parte desse grupo!!!), a idéia da blogger “man repeller” Leandra, de sobrepor com blazer que dá até a linha do quadril é um ótimo truque. Em dia de calor, vale substituir o blazer pelo maxi colete.

Por fim, para as madames que curtem um estilo mais sofisticados, os modelos em diferentes tecidos. Coloridos, estampados e/ou com recortes geométricos são o caminho para deixar o look chic! 

e aí, madames, vamos trocar idéias sobre o post de hoje? Vocês já usam, vão usar, tem dúvidas, dicas?

Conta aí! ;)

Categoria: Sem categoria