post da Martinha Fonseca

Os números de um bom armário

24 set 13

A gente cresce vendo filmes de mulherzinhas e, no geral, depois de tanto ver cenas de mulheres lindas, poderosas e felizes fazendo compras impulsivas a gente passa a achar isso normal.Mas a moda é mais racional e mais objetiva do que a gente se acostumou a achar, sabia? 

Não é preciso ir muito longe e procurar referências de compras mal feitas na vida de outras pessoas. Muito provavelmente na nossa própria vida já nos arrependemos de alguma compra: ou compramos uma calça com numeração menor na confiança de que a dieta iria funcionar, ou compramos um vestido lindo mas que só sabemos usar com o mesmo sapato e bolsa, ou ainda mais frustrante: compramos uma saia linda – e super cara – e na hora de vestir a gente se pergunta: meooodeooos, como é que eu uso isso??. A moda não poderia ser mais o oposto disso aí. Moda é uma ferramenta de expressão pessoal, é mais para ajudar e trazer auto confiança do que para atrapalhar e trazer estresse (ou falência, em casos mais extremos).

Bem.

Vocês sabem que além do trabalho como blogueira aqui no AM, eu sou formada e ofereço o serviço de consultoria de moda. E nessas minhas andanças pelos armários de madames por aí, o que mais tenho visto é roupa em excesso, espaço físico em falta (quem dera ter o closet igual ao das celebridades, né? que ocupam o espaço de um quarto!) e dúvidas e frustrações em alta. É difícil saber o que usar quando não se vê o que se tem, quando o espaço entre os cabides é tão apertado que você nem consegue tirar uma blusa lá de dentro sem ter outras tantas peças caindo também. E vamos combinar? Isso é uma chatice!

{foto de parte do meu armário arrumadinho, que compartilhei no instagram – @armariodemadame; cabides de veludo para otimizar o espaço e evitar roupas escorregando e peças divididas por estilo: manga, sem manga, casacos/jaquetas, blusas mais curtas, blusas mais longas. Esse é um jeito meu, tá? Não me adapto bem à arrumação por cor, mas isso é uma decisão super pessoal} 

Quando fui a São Paulo para uma visita guiada ao Outlet Premium de Itupeva, a consultora de imagem e estilo, Alba Prizão, resumiu de uma forma muito prática e fácil de memorizar – e melhor ainda, de colocar em prática – os “números de um bom armário”. É algo que eu já colocava em prática nas minhas consultorias e também nos emails que respondo de vocês, leitoras, e que vale à pena compartilhar no formato que Alba formulou. Então, madames, atenção!

Guardem esses números: 1×1, 1×3, 1×5.
Sabem para onde eles vão te levar??

{cliques com clientes-madames da “Revitalização do Guardarroupa” – para mais informações sobre como funciona esse serviço, leia esse post aqui}

Para uma boa relação com o seu armário. Vamos entender porquê!

1 x 1 – porque para cada peça nova que entra no seu armário, é bacana que você procure uma antiga, que você não usa mais, para sair. Isso faz com que você não sobrecarregue o seu armário e não perca tempo vendo o que você não usa. Seu olho ver apenas o que você tem à sua disposição de verdade para usar. Porque de nada adianta ter uma saia que não veste bem, um short com o zíper quebrado, uma blusa que está há meses no armário e que até hoje está com a etiqueta. Néam??

1 x 3 – porque cada uma das suas peças tem que formar pelo menos três combinações de looks diferentes. Lembra que já falei disso aqui no blog? A saia estampada floral de cintura alta, por exemplo, fica bem com uma tshirt, com uma blusa jeans e com uma blusa de listras. E a partir daí a gente sabe que a compra valeu à pena. Se tiver mais combinações que isso para fazer, melhor ainda! <3

{fiz cliques rápidos com as roupas que tenho no meu armário para explicar para vocês, na prática, a proporção 1×3}

1 x 5 – porque para cada parte de baixo você deve ter 5 outras peças “de cima”, em termos de quantidade, entende? Se você tem 25 blusas no seu armário, o ideal é que você tenha 5 partes de baixo entre shorts, calças e saias. Essa, talvez, seja a dica que a gente menos coloque em prática – o que, na verdade, é uma pena, não é? Como a gente dá sempre mais atenção ao rosto (é para ele que a gente olha quando fala e se relaciona com as pessoas no nosso dia a dia) é interessante investir em uma variedade maior de peças para a parte de cima. Assim, mesmo sem ter um armário abarrotado de roupas (e abarrotado desnecessariamente, vale dizer), a gente consegue evitar que as pessoas nos olhem e tenham a impressão de que nos vêem sempre com a mesma roupa – tem coisa melhor que isso?

—-

Bem, madames, é isso. Post longuinho, mas cheio de informações bacanas. Eu sei que a vida é corrida mas não existe tempo melhor do que o investido em nós mesmas, na nossa auto estima e bem estar. Então se organiza direitinho e tira um tempo para você organizar seu armário no fim de semana. Chama uma amiga – faz um dia na sua casa e em outra oportunidade você ajuda a organizar o armário dela. Incorpore essas proporções – 1×1, 1×3, 1×5 – no seu dia a dia e veja como é bom ter um armário que é ideal para você, para o seu estilo, para a sua vida. ;)

Categoria: Sem categoria
Comente pelo facebook
33 comentários
  1. Drica

    amei o post; diferente de tudo que vemos por aí.
    vc mandando bem, como sempre.
    beijos, gatona.

    Responder
  2. Drica

    ahhh! e vou tentar pôr em prática tb!
    bjo

    Responder
  3. Cacau Rivas

    Adoreiii a dica, Martinha! Vou compartilhar esse Post!

    beijocas

    Cacau

    http://www.cerejaglam.com/

    Responder
  4. Aline Amaral (Vitória/ES)

    Martinha, amei as dicas!!! Estava precisando desse incentivo. Como você relatou meu armário é desses que têm muitas roupas e só uso as mesmas! Vou colocar em prática!
    Beijos, Aline.

    Responder
    • Aline!

      tudo que entra no nosso armário é fruto do nosso trabalho (ou do trabalho dos nossos pais). e não tem coisa pior do que trabalhar um mês inteiro, gastar esse dinheiro com uma peça e ela não ser usada da forma que faça valer à pena o gasto. vamos dar um jeito nisso aí! :*

      Responder
  5. Luana Sousa

    Ótima dica!

    Sofro com isso Martinha, muitas vezes me pego usando as mesma combinações várias vezes, até parece que só tenho as mesmas roupas ;(
    Colocando em prática 3.2.1…

    Beijos!!

    Responder
    • Luana!

      é exatamente isso aí: colocando em prática em 3,2,1..
      no início é um pouco trabalhoso fazer uma super triagem no armário, se policiar para mudar os hábitos de compra, mas dpeois você pega o jeito. beijos!!

      Responder
  6. Tuka Sampaio

    Adorei as dicas, Martinha!

    Beijo grande!

    Responder
  7. Alice Prado

    Sem dúvidas, uma ótima dica, madame.

    Acabamos perdendo a noção e comprando mais do que precisamos, mas o que é importante é justamente comprar com essa consciência e principalmente, fazer essa “continha”. haha

    beijocas

    Responder
    • Oi Lica!

      é justamente isso: a gente tem que comprar o que precisa, o que faz sentido no nosso armário e se a idéia é mudar o estilo – ou seja, começar a investir em peças com um novo estilo e por um tempo não ter tantas peças assim para combinar, sabe?; nesses casos a disciplina com o que comprar deve ser ainda maior. :*

      Responder
  8. Laiana

    Super amei a dica! Reorganizar é tudo! Vou fazer isso! :D

    Lembra que conversamos em vc vir fazer uma consultoria aqui em Alagoinhas? hahahaha!

    Bjossssss!

    Responder
  9. Larissa

    Adoreii Martinha!! Vou colocar em prática :)

    Beijoss

    Responder
    • Oi Larissa!

      que bom que gostou! boa sorte com seu armário, espero que consiga e que fique feliz com o resultado final! :*

      Responder
  10. Dani Bulcão

    Adorei a dica, Martinha!!!!
    Realmente precisamos ter essa consciência na hora da compra, pois quase sempre compramos por impulso!
    Vou aplicar ao meu guardarroupa essa continha pra ontem!!!
    Beijos,
    Dani
    http://www.baianasemprenamoda.blogspot.com

    Responder
    • Oi Dani!!

      aplica sim, é uma ótima sensação quando a gente consegue fazer compras inteligentes, que valem à pena, sabe??? se joga, madame! :*

      Responder
  11. larissa

    Muito bom, vou fazer uma faxina no meu guarda roupa, e seguir essa regrinha do 1X3, 1X5
    Beijos!

    Responder
  12. Paula Erdens

    AMEI o post, Martinha! Nao sei mais o que faço com meu armario… Kkkkkk
    Beijos!

    Responder
    • Oi Paulinha!!

      eu sei, faz as contas do seu armário!! tira uma manhã de sábado ou domingo e se dedica a isso. no início é preciso um pouquinho de disposição e tempo, mas depois você entra no ritmo e vira automático manter os números em dias e as boas compras sendo bem feitas! beijos!

      Responder
  13. Amanda Priscila

    Dica valiosa!, correndo pra tirar as peças “inúteis” do meu guarda-roupas hihi bjs

    Responder
    • Amanda,

      corre! peça inútil ocupa espaço de peça útil, que traz bem estar e auto estima!! :**

      Responder
  14. Ticiana

    Adorei!
    Só não fazia a 1×5!
    Achei super útil

    Beijo, Martinha!

    Responder
    • Então se joga na 1×5! eu acho a mais difícil de manter…eu sempre acabava com mais parte debaixo do que de cima, e depois ficava reclamando que não tinha parte de cima para a saia que queria..ninguém merece! tava tudo errado! agora que já fiz as contas estou tentando fazer compras inteligentes :*

      Responder
  15. Kadja

    Gostei bastante da dica 1×3… tenho umas peças aqui que nao consigo combinar com quase nada! Na hora de comprar vou passar a observar isso…
    Beijo!!

    Responder
    • Kadja,

      a parte do 1×3 é a “conta” mais fácil de fazer. tenta tirar um dia para você, para você olhar suas roupas, tentar fazer novas combinações, dar novo sentido às compras que você fez. e se, por acaso, você perceber que uma blusa não tem combinação no seu armário, tente imaginar que combinações você poderia fazer, que roupas poderia comprar e anote. ao final do seu armário, você vai ver se por mais de uma vez você mencionou uma mesma peça que precisaria comprar para combinar com várias das suas roupas. já é um começo para fazer uma boa compra, não acha?

      Responder
  16. Dani Bulcão

    Martinha,
    Só a título de informação pública: onde compro esses cabides de veludo? Precisando trocar os meus com urgência!!!
    Uma vez vi que no Sam’s vende, mas parece que só compra lá quem tem o cartão deles, né? Vc comprou os seus lá ou em outro local?
    Beijos,
    Dani
    http://www.baianasemprenamoda.blogspot.com

    Responder
    • oi Dani,

      os meus eu comprei nos EUA e trouxe na mala..hahaha, alocka!!
      mas ouvi falar que na tok&stok tem ! :))))

      beijos!

      Responder
  17. Joana

    Super amei martinha!! Tem uma moça Carla Del Sarto (procura no instagram) que ela é personal organizer, você super podia fazer uma parceria com ela e ajudar a gente na arrumação né?

    Me empolguei até pra fazer uma arrumação no armário com seu post, e fiquei até me sentindo mal de ver taaaaanta roupa que não uso, principalmente aquelas que você ganha de algumas pessoas que a gente gosta tanto mas não escolheu o presente, lembrança certa pra gente, super me senti mal! hahahahah

    beijosss

    Responder
  18. Vanessa

    Esse foi o post a que me referi a pouco! Adorei essa publicação! Mais do que bacana, útil! :)

    Responder
Deixe um comentário
* Não será divulgado
Para usar avatar, cadastre-se com seu email em Gravatar.com