post da Martinha Fonseca

Mesa de Madame

30 set 13

Mesas super bem decoradas, com guardanapos de tecidos, porta guardanapos e taças e talheres devidamente posicionados deve ser assunto tão velho quanto o mundo. Há anos  as regras de etiquetas estão à disposição para quem se interessa ou para quem precisa, e até os blogs de moda entraram nessa onda – como blogs são nada mais do um diário virtual, é natural que algumas blogueiras que tenham hábitos desse tipo dividam suas experiências nos seus respectivos canais, a exemplo de blogs como Blog da Thassia, Blog da Mariah e afins.

Eu, confesso, venho de uma linhagem familiar (hahahaha que expressão engraçada! :P) de mulheres mais trabalhadoras do que prendadas – e, vejam só, me entendam bem; não estou dizendo que essas duas características não possam coexistir. Mas é que na minha família, de uma forma geral, o lado do trabaho sempre se destacou mais do que o lado de dona da casa. Minha vózinha, por exemplo, hoje com 89 anos, desde nova trabalhou e, sendo professora, chegou a dar aula nos 3 turnos. Me enche de orgulho! hahaha

O que quero dizer é que, apesar de ter aprendido como me portar devidamente à mesa, aqui em casa a praticidade falava mais alto. Recentemente, no entanto, meu pai resolveu “refazer as tradições” e deixar as coisas mais organizadinhas, vamos dizer assim, aqui em casa. Eu, que já gosto de um toque feminino e de coisinhas bem feitas, entrei na onda e aproveitei que iria reunir uns amigos aqui em casa para uma feijoada (amooooo, top 3 de pratos favoritos!) para experimentar os benefícios de uma mesa bem posta – e de quebra aprender um pouquinho. Nunca é tarde, néaaaaam?

Como tenho 25 anos e meus amigos, no geral, acompanham esse faixa de “20 e algos” não havia necessidade de algo muito formal e requintado. Mesmo assim, dava para investir em algo bem feito – e foi por isso, até, que fiz alguns cliques das mesas prontas para compartilhar com vocês. No Armário de Madame conto muito a minha realidade  (vocês sabem!) e como vocês partilham desse estilo de vida comigo, o almoço de sábado acabou virando o post dessa segunda. Espero inspirar vocêa, trocar idéias e sugestões. Os comentários do post estão aí para isso! Manifestem-se!

A proposta é mostrar tudo do jeitinho que aconteceu e não simular mesas super elaboradas que, apesar de lindas, não têm muito a ver comigo. Certo? Espero que gostem!

Quem ajudou a deixar tudo prontinho foi Karine D’Ávila, pessoa super criativa e craque nas regras para fazer bonito e correto com a mesa decorada e recepção para amigos e família. Ela trabalha oferecendo esse tipo de serviço (para ajudar a gente e descomplicar o que apenas parece ser difícil de ser feito) e em breve estará com um site prontinho para divulgar como tudo funciona. Por enquanto, vocês dão uma espiadinha nas fotos do post de hoje. #jabádeamigamadame #mentiranãoéjabá

A decor daqui de casa é bem clean e com bastante branco. A arrumação das duas mesas foram feitas, então, obedecendo esse estilo e utilizando dois jogos de pratos em azul e branco que temos por aqui. Em cada mesa um estilo, nas duas situações arrumações adequadas mas sem afetação – do jeitinho que eu gosto.

Na mesa da sala de jantar (a maior)  Karine sugeriu utilizar “apenas” o jogo americano, opção moderna e despretensiosa para ocasiões menos formais e adequada para a minha tchurma – #ficadica. A mesa menor seria para a turma de meu pai, e por isso, foi devidamente forrada e com a opção completa de talheres conforme o cardápio (e eu aqui desejando o caldinho de feijão novamente???).

Os dois arranjos de flores – rosas e flores do campo – além das orquídeas (amo!) foram compradas na manhã do sábado na Ceasinha do Rio Vermelho, que é pertinho daqui de casa e tem uma seleção incrível de flores. Sempre corro lá para comprar flores; dão outro astral à casa, néam?

E como o blog é de moda, não custa nada fazer um “regram” do look ‘cool & relax’ do sábado. Nada de salto alto ou roupas complicadas. Queria me dedicar apenas a curtir meus amigos. Tem coisa melhor?

madames, o post de hoje é super no estilo “reality show”, abrindo minha casa para vocês. #tofazendoakardashian. 

Se gostarem de posts assim, sobre decor e coisinhas de casa, me falem. O Armário de Madame é feito para vocês! :*

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Sexta-feira, sua linda!

27 set 13

Olha, no geral, eu acho uma chatice esse povo que passa a semana desejando que a sexta-feira chegue e o fim de semana reclamando que segunda vai chegar – se você passa 5 dos 7 dias da sua semana reclamando do que vive, hora de rever sua rotina, seu trabalho ou você mesmo. Nunca é tarde para mudar e , às vezes, o problema não está no outro, néaaam?

Anywaysssssss, essa semana foi puxada de eventos e reuniões, e tampouco é pecado gostar do fim de semana – e desejar, eventualmente, que a sexta-feira chegue. Um pouco de descanso, de reunião com amigos e família é sempre bom! ;)

E já que estamos falando de coisas boas, vamos falar de top therm…digo, de look do dia! (hahahahah, piadinha velha essa, né? mas eu adoro!).

Tenho gostado bastante do clima feminino com um quê de sexy do verão 2014. Essas saias com babadinho na barra e sandálias com tiras trançadas são os meus must have para a estação. Juntei os dois em um look só e voilá! 

Espero que gostem do look de hoje, é uma boa inspiração para aproveitar os próximos dias, né? hihihi #madamemodesta

Blusa – Skazi por Thassia Naves para Mesckla
Saia – Renata Gomes para Mesckla
Colete – Anamac
Sandália – Zara (do Shopping Iguatemi de São Paulo)
Bolsa – era da loja de uma amiga minha; ela vai me matar porque não lembro o nome, néam? shhhh, contem pra ela não!
Óculos – Ray Ban, clubmaster
Colar – Mais Bonita
Anel – Forever XXI
Pulseira – Pandora 

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Produto de Madame: Hidratantes Nivea Milk e Lotion Express

26 set 13

Dia dessas recebi aqui em casa algumas novidades da Nivea, entre elas os dois hidratantes que ilustram e preenchem o conteúdo do post de hoje: o Nivea Milk – hidratação intensiva para pela seca extraseca (pote azul); e o Nivea Lotion Express com absorção imediata para todos os tipos de pele. Testar novos produtinhos nunca é demais, néam????

Como vocês sabem, sou bem obcecada com farmácias e é bem difícil eu entrar em uma para comprar uma remédio de gripe que seja sem sair de lá com um desodorante novo (já falei, sempre tenho mais de um à disposição; gosto de variar os cheirinhos…sou louca? sim ou sim?), um novo shampoo, uma máscara de hidratação ou, seilá, até um “tubinho” de mentos colorido, daqueles que ficam pertinho do balcão, sabe? hihihi Sempre compro alguma coisa, muito difícil resistir àquele paraíso de tentações ‘feminísticas’.

Eventualmente, me aventuro em novos hidratantes. E digo eventualmente não porque não precise – áreas do meu corpo como pernas e mão sempre me deram trabalho; eterna sensação de que tomei banho de giz de quadro negro, sabe? Pele bem seca, quase áspera! Agoniante!! – mas porque admito que tenho pouca disciplina para hidratantes. Nunca lembro de passar!

Daí que recebi esses gifts da Nivea e achei que fosse um sinal dos deuses para eu desse jeito nisso e tomasse uma atitude em vez de só reclamar. 

Passei três dias aplicando religiosamente esses dois hidratantes 2 vezes por dia na minha pele. Como o hidratante da embalagem azul é feita para peles secas e extrasecas, enquanto o produto da embalagem branca é mais democrático – para todos os tipos de pele – resolvi passar um em casa perna e ir testando os resultados (tudo por um bom post! hihihi).

Na foto acima, dá para ver a diferença das texturas de cada produto: um mais consistente e o outro bem líquido, quase “melequento”, sabe? Me dei melhor com o Nivea Milk, talvez porque reclamo tanto da pele extraseca das minhas pernas e este seja feito justamente para esse tipo de situação. Ele é bem parecido com o hidratante do potinho redondo já clássico da marca, que eu amo e uso muito para a mãe. O cherinho é igual! <3

No entanto, a diferença entre eles pára por aí (na textura e na absorção; nesses dois quisitos, a minha preferência é pelo Nivea Milk). O resultado final foi igual, e eu senti minha pele muito, muito, muito melhor mesmo – e vocês sabem que eu falaria caso eu tivesse alguma ressalva. Mas não foi o caso. Usei direitinho, com disciplina e achei que os dois produtos cumpriram seus papéis. Vale à pena! Sem falar que eu não sei exatamente o preço desses produtos, mas Nivea é sempre bom nesse sentido , né? Cabe no bolso!  ;)

Categoria: Sem categoria