post da Martinha Fonseca

Tô curtindo: top cropped

12 nov 12

Taí uma moda que eu achei que não ia pegar: top cropped (ou top curtinho). Assim que vi nas passarelas, não consegui enxergar mulheres reais usando a tendência, nem pessoas conseguindo compor looks não-vulgares com a peça. Mas não é que estava errada?

A moda de tops curtinhos, na minha cabeça, é algo bem mamãe-quero-ser-sexy, porque preserva uma certa inocência ao mesmo tempo que imprime um ar sexy ao visual. Curto esse equilíbrio.

Aliás, equilíbrio é A palavra quando o assunto é cropped tops. Embora alguns estilistas tenham apostado na tendência com o umbigo de fora, eu sinceramente acho que o caminho para um look de madame não é por aí. Acredito piamente que o umbigo escondido e apenas uma faixa da parte superior da barriga aparecendo é o que faz o charme da roupa.

Pesquisei algumas fotos para ilustrar o post de hoje e inspirar vocês, caso estejam no mesmo nível que eu: começando a amar o estilo e ensaiando sair de casa assim. Tenho visto tantas madames lindas pelas fotos do instagram que quero fazer parte desse grupinho também!

E o bom que a peça curtinha é super curinga e vai super bem desde os ambientes mais informais aos eventos mais glamurosos.

O truque é combinar a peça mais curta com saia/short/calça de cintura alta, bem alta.

Como eu sei que vão ter madames perguntando se esse look favorece o tipo de corpo X ou Y, vou me adiantar expondo minha humilde opinião de blogueira:

– no geral, acho que a moda fica bem bacana em boa parte das mulheres.

-Acredito, no entanto, que mulheres com seios muuuito grandes devem observar direitinho o tipo de top que usam, para não ficarem “pin up” demais, quem sabe até vulgar com “muito peito de fora”. Alças mais grossas, decotes menos profundos e sobreposições com blazers e blusas transparentes são boas alternativas.

– Outro tipo de corpo que eu acho que deve ter cuidado com o uso de cropped top é o corpo no qual  as pernas são mais longas que o tronco. Como o top curtinho só fica bacana com peças de cintura alta, isso acaba dando a impressão que as pernas são mais longas; e aí, para quem já tem pernas bastante longas, pode ficar esquisito alongá-las ainda mais – desproporcional, entende?

Mas aí, né, tudo é uma questão de se olhar de verdade no espelho e se sentir bem com o que vê. Por aqui, dou apenas dicas.

Categoria: Sem categoria