post da Martinha Fonseca

Look de frio com tricô

22 maio 12

A gente já está cansada de saber que usar tricô não é mais coisa exclusiva de vó. Ainda assim, na hora H, quando o frio aperta (para quem mora onde faz frio) ou quando aparece uma viagem para o frio (para quem, assim como eu, mora no nordeste…hehehe), pensar em looks realmente bacanas – e isso inclui ser bonito, mas ser confortável também, né? – pode ser uma dificuldade.

Pois bem. Quem me acompanha nesse post??

Às vesperas das minhas mini-férias para Buenos Aires (vou amanhã, u-hu!) só tenho pensado em como fazer looks bacanas no frio com o que restou das minhas roupas de frio (depois eu conto a história que teve com meus casacos de frio…#superbad). Uma das minhas opções é investir em tricôs e, por isso mesmo, há um tempo venho reunindo fotos inspiradoras aqui no computador. Hora, então, de compartilhar com as madames o que tenho visto pra ver se, de quebra, ainda consigo dar um help a quem estar de viagem marcada também.

A forma mais basiquite de usar tricô é assim, como casaquinho/cardigan. Simples? Sim. Bonito? Também. Aberto, folgadinho, grandinho – acho que eles ficam especialmente descolados quando cobrem o bumbum. Dá para investir em um visual mais vintage como a menina da esquerda ou mais romantiquinho como a menina da direita. Como vocês devem presumir, prefiro o look da direita, embora ache os dois igualmente inspiradores.

Minha idéia preferida de como usar tricô é aí de cima, de fazer sobreposição com uma camisa social (e se tiver muito frio, ainda dá para usar outra blusa embaixo da camisa social). As camisas que forem estampadas – ainda que isso signifique a quadriculada de sempre! – dão um toque especial e mais interessante; mas investir na jeans ou em qualquer outra que tenha uma cor mais forte é bem bacana também. Para equilibrar o volume que a sobreposição traz para a parte de cima do corpo, uma legging é a melhor pedida. Pretinha, assim, básica, pode fazer maravilhas por você em uma viagem. Para quem prefere, dá para usar também uma meia calça mais grossinha, tipo fio 80 ou 150 – a depender da “gravidade” do frio.

Por fim, se o frio aperta e mesmo com um tricô quentinho ainda for preciso investir em várias camadas de roupa (#cebolafeelings), um cintinho néaaaaam? Que ninguém quer parecer um bujão de tricô andante. Marcar a cintura e alongar o corpo nunca é uma preocupação desnecessária ou supérflua quando se fala em roupa de frio. Combinado?

Categoria: Sem categoria