post da Martinha Fonseca

Matte Batom Stick da Vult

#ProdutoDeMadame

24 mai 16

Produto com resenha super esperada pedindo licença! Vamos começar a terça-feira com resenha sobre o Matte Batom Stick da Vult? Esse é um dos lançamentos mais recentes da marca, e como tudo que eu venho testando eu tenho gostado, fiquei na expectativa para saber se esse também seria um produtinho que agradaria e viraria caso de amor <3 Vamos ver mais detalhes?

DSC09932

No total, são 12 cores disponíveis, entre as mais clarinhas e mais escuras. Eu, como não nego meu amor por batons escuros, fui logo de Matte Batom Stick cor 11, esse uva-roxo lindo.

DSC09936

Na mão, ele fica bem falhadinho, né? Da primeira vez que vi isso, me assustou um pouco. Ao mesmo tempo que sai muita cor, é uma cor transparente, com falhas e fiquei com medo de que isso pudesse ficar ruim na boca também. Mas olha, até rola uma transparência aí na foto, mas não me incomodou nem um pouco – e garanto, ao vivo parece bem menos!

DSC09938 DSC09939

Nos lábios, a cor sai linda e bela, bem intensa e, como disse, sem a transparência que me incomodou quando apliquei na mão. O que mais me impressionou, no entanto, no Matte Batom Stick da Vult foi a durabilidade: usei no primeiro dia, durou bastante, mas achei que tinha sido sorte de iniciante (hehehe) e que precisava testar mais para ter certeza. E aí usei outras vezes, saí de casa, comi, bebi e o batom estava lá: não totalmente intacto, mas uns 70-80% do batom ainda estava lá, sem fazer manchas na boca, ou gastar mais no centro do que no meio. Não é incrível isso?

Mas ó, só pra fechar o post e não dizer que não falei algo que não foi tão sensacional assim (porque no geral, tudo mais foi), o fato de o Matte Batom Stick da Vult ser assim, grossinho, como todo batom stick é, dificultou um pouco na aplicação – principalmente para o cantinho da boca, sabe? Fiquei com medo de borrar, ou de não pintar tudo. Com jeitinho superei e deu tudo certo – mas isso não deixa de ter sido um ponto negativo, sabe?

Preço médio: R$28,00

Categoria: Sem categoria
post da Martinha Fonseca

Sim, vai ter calça jeans

look do dia!

23 mai 16

Foi engraçado. Eu vi essa calça na Lollita Lollita, vesti e foi eu abrir o provador e a fofa da vendedora falou: “já tô vendo, Martinha, que essa aí você vai ficar de qualquer jeito“. E não é que ela acertou?

06

Quem me segue no snapchat viu eu falando dessa calça: ela é da Oh Boy (a Lollita Lollita é uma loja multimarcas que vende Oh Boy, Farm, Dress To, e outras marcas lindas!) e veste muito, muito, muito bem. Ela desenha a silhueta de um jeito tão bonito, tão feminino….tipo, é eu vestir esse calça e fico me paquerando no espelho. Sabe quando isso acontece com uma roupa nova? Pois é! <3

Aí é claro que tinha que montar um look com ela e compartilhar aqui no blog, néam, madames?? A blusa meio moletom (ela é bem fininha!) também é lá da Lollita Lollita. Para completar, a bolsa rosa que usei transpassada para deixar o visual mais esporte, e nos pés, essa sandália verde que é puro amor da Capodarte.

12

 

Há um tempo eu tô na fase amor por esse tom de verde, só que não achava nada exatamente do jeito que eu queria. Nem bolsa, nem blusa, nem calça….mas agora eu já posso parar de desejar né? Tenho uma sandália verde linda para chamar de minha.

(e fotos lindas para embelezar o blog também!)01

02 03 04 0507 08 09 10 11

Look – Lollita Lollita (@lollitalollita) | Sandália – Capodarte (@capodartesalvador) | Bolsa – Dafiti | Lenço – Scarf Me

Fotos: Marianna Calmon (@mariannacalmon)

 

Categoria: Moda
post da Martinha Fonseca

O segredo da felicidade

e se eu fingir que não vejo?

23 mai 16

Estava ontem à noite conversando com uma amiga via whatsapp. Conversa vai, conversa vem, papo fitness, o preço da manicure e alguns outros assuntos depois, chegamos à conclusão que tem coisas nessas vida que são tão absurdas ou difíceis de digerir, que a melhor opção é fingir que não vê.

Me pareceu o segredo da felicidade. O elixir da vida eterna e sossegada. O pulo do gato. hahaha

Afinal, o que não dá para mudar, mas incomoda, a gente finge que não vê. Porque aí, quem sabe, a coisa incomoda menos. Simples assim. Maravilhoso assim. E ó, posso falar? É tão impressionante o poder de ignorar a existência de algo desagradáevel que eu resolvi começar a semana de forma bem humorada com uma lista de coisas que valem – muito – a gente fingir que não vê. :)

  1. a unha descascada
  2. a calça que não cabe mais
  3. uma pessoa desagradável que entra no recinto
  4. o saldo da conta no fim do mês
  5. o pelinho indesejado no bigode (por que a depilação está tão cara?)
  6. o snapchat que não carrega nunca
  7. o música chata que toca todo dia no rádio (mas nesse caso eu finjo que não ouço)
  8. o aviso de “sua franquia de internet atingiu 80%”
  9. o noticiário de política a la House of Cards
  10. o quarto bagunçado
  11. as pontas duplas no cabelo
  12. o preço do protetor solar facial
  13. o chocolate na geladeira
  14. a bolinha vermelha de “1350 emails não lidos” no celular
  15. o delineado que não ficou simétrico nos dois olhos

e por aí vai. A vida não fica mais simples sem isso tudo?

E o que mais vocês, madames-leitoras, fingem que não vêem?

Me conta aí nos comentários! Vamos começar essa semana mais leve, com humor e sem pena de cortar da nossa vida todas aquelas pequenas chatices que merecem que a gente finge que não vê.

ps:o  diário de madame de hoje está sem fotos, porque entre celular quebrado e novo celular, eu não tirei quase foto nenhuma, e as que eu tirei eu perdi no celular antigo…kuen! :( sou péssima com backups. Nunca funcionam. Mas ok, vou fingir que isso não é um problema. Combinado? hehehe

Categoria: Sem categoria